O que é drenagem linfática

O que é drenagem linfática

Foto: Thinkstock/Getty Images

A drenagem linfática é uma massagem que estimula o sistema linfático e ajuda na prevenção contra a celulite. A técnica é antiga e foi criada em 1932 pelo terapeuta dinamarquês Vodder. Hoje é um tratamento estético popular, que ajuda mulheres a limpar toxinas do corpo e eliminar o inchaço. A fisioterapeuta Olga Matos explica como funciona o processo:

Como funciona?

“A drenagem linfática é muito eficaz, pois ajuda a diminuir a retenção de líquidos. É uma massagem superficial que ajuda a melhorar a circulação”, afirma a fisioterapeuta. A drenagem estimula, por meio de massagens, os líquidos presos entre as células, levando-os aos vasos capilares. Dica importante: antes de procurar clínicas estéticas, procure a ajuda de um dermatologista ou fisioterapeuta.

Eliminando a celulite

A drenagem ajuda a prevenir a retenção de líquido, mas não elimina a celulite. “Para diminuir a celulite, também existem massagens modeladoras, aparelhos, produtos e cremes que podem ajudar”, revela Olga. É importante ressaltar que tomar muita água, fazer exercícios físicos e ter uma alimentação saudável são as principais soluções para amenizar o problema.

Riscos

A drenagem linfática também tem restrições para alguns casos particulares. “Existem contraindicações para drenagem que detectamos na avaliação. Podem ser pessoas portadoras de câncer sem autorização médica, com insuficiência renal ou grávidas antes do terceiro trimestre”, diz a especialista. Os sites de compra coletiva foram proibidos de vender pacotes de drenagem linfática , já que cada pessoa deve fazer uma avaliação individual antes de procurar tratamentos estéticos. Consulte um especialista para saber se você é apta para a massagem.

Quanto tempo dura?

O efeito da drenagem depende do sistema circulatório de cada mulher. “O efeito dura bastante, mas quem tem muita celulite, devido à má circulação ou algum problema circulatório, deve visitar a clínica com frequência”, ressalta a fisioterapeuta.

 

Consultoria: Olga Matos, fisioterapeuta da clínica OligoFlora Alfa Barra 1. Site: http://www.oligoflora.com.br/

 

Mais lidas