Max Fercondini fala tudo!

Entrevista com Max Fercondini

Foto: Ricardo Leal

 

 

Max Fercondini contou os detalhes sobre a reta final de Morde & Assopra. O ator, que entrou no meio da novela para dar vida ao delegado Wilson, curte o sucesso absoluto da trama. Ele também revelou que aprendeu muito com este personagem e fez amigos que levará para a vida toda!  Confira a entrevista com o ator que além de tudo é um gato!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Guia da TV: Você acredita que o Wilson e a Melissa (Marisol Ribeiro) vão ficar juntos?

Max: “Acredito e torço pelo casal. Já é a segunda vez que faço par romântico com a Marisol Ribeiro e acho que existe química entre nossos perfis e personagens. Eles têm tudo para serem felizes um com o outro”.

 

Guia da TV: E com relação ao Élcio, o que podemos esperar,
agora que ele foi descoberto?

Max: “Que ele pague pelo que fez! (risos). Não acho que a impunidade seja algo a se exaltar. Com certeza, a falta de punição faz com que as pessoas voltem a cometer erros. Acho que um trabalho comunitário, voluntário, seria uma boa forma de reabilitar este homem.”

 

Guia da TV: O que vai guardar do delegado Wilson pra sua vida, seja profissional ou pessoal?

Max: “Aprendi a lidar com alguns termos técnicos de delegacia e a ter um comportamento frio diante de situações difíceis, como nos interrogatórios. Não deve ser fácil lidar com criminosos e vidas humanas, por isso, essa profissão exige muita responsabilidade. Acho que passo a valorizar ainda mais as leis que mantêm a ordem nas nossas cidades e os profissionais que as representam.”

 

Guia da TV: A novela teve recorde de audiência, a que atribui esse sucesso?

Max: “Ao conjunto da obra! Um texto atual, com bons atores no elenco e uma direção que soube como viabilizar as propostas do Walcyr.”

 

Guia da TV: Do elenco da novela, que colegas acabaram virando amigos e que você vai carregar pra fora do Projac?

Max: “Todos os meus colegas de elenco foram muito queridos comigo. Seria injusto deixar de fora um único amigo. Espero que, com todos, eu possa me encontrar mais vezes, em trabalhos futuros e na vida pessoal também”.

Mais lidas