Macarrão konjac: o novo aliado das dietas

Macarrão konjac: o novo aliado das dietas

Foto: Thinkstock/Getty Images

Fórmulas para emagrecer não faltam. Todos os dias surge um novo produto que promete secar a barriga e fazer o ponteiro da balança baixar de vez. Com toda essa oferta, a ansiedade só aumenta: dá aquela vontade de experimentar tudo o que há de novo e, no fim, você fica sem saber o que realmente funcionou. O erro pode estar na confusão sobre as reais funções de cada produto, na forma de consumi-los e, o mais importante: nos hábitos diários. Então, para que você possa aproveitar o que realmente há de bom nos aliados do emagrecimento, confira a seguir uma das últimas novidades das dietas!

Macarrão hipocalórico

A chef e apresentadora inglesa Nigella Lawson, conhecida por apreciar receitas calóricas, afinou a silhueta e garante que seu segredo foi o konjac, um tipo de macarrão asiático. Nigella não diz quantos quilos perdeu, mas é visível que a chef abandonou as curvas antes apreciadas pelos seus telespectadores.

O konjac também é chamado de konnyaku, mas ficou famoso pelo seu apelido: “miojo milagroso”. O segredo está nas pouquíssimas calorias do produto, que é livre de carboidratos. “Quando se diminui muito a ingestão de calorias, consequentemente perde-se peso. E a substituição de uma refeição por um prato de konjac restringe significativamente a quantidade de calorias”, diz a nutricionista Daniela Cyrulin, do Portal Minha Vida.

Sem fome!

Com apenas 10 calorias a cada 200g, o konjac é capaz de saciar a fome como uma refeição comum. “A massa possui 97% de água e 3% de fibras solúveis, na forma de uma substância viscosa chamada glucomanan. Quando entra em contato com água, a glucomanan se expande no estômago, aumentando de volume de 8 a 12 vezes. Assim, proporciona sensação de saciedade e inibe o apetite”, explica Daniela.

Substituição segura

Para perder peso sem sofrer deficiências nutricionais, o recomendado é trocar o arroz ou o macarrão comum pelo konjac. Acrescentar ingredientes na hora do preparo, como legumes e verduras, deixa o prato mais nutritivo e saboroso. Se for consumi-lo no almoço e no jantar, não se esqueça de ingerir uma fonte de carboidratos (pão, aveia…) no café da manhã e no lanche da tarde, pois eles são importantes fontes de energia.

Bom para a saúde

“Ele ajuda no controle do colesterol e do triglicérides, da glicose sanguínea e da pressão arterial”, diz Daniela. O consumo excessivo de carboidratos está relacionado ao aumento do triglicérides, da gordura abdominal e da glicemia. Livre dessas substâncias, o konjac é um bom aliado da saúde. ‡

*O preço de um pacote de konjac varia entre R$5 e R$10. Pode ser encontrado em lojas de produtos orientais.

Aprenda a preparar!

Sozinho, o konjac não tem sabor marcante. Por isso, saber temperá-lo e combiná-lo com outros ingredientes é ideal para transformar aquela refeição magrinha em um prato mais saboroso. Confira uma sugestão:

Konjac com salmão

Ingredientes:

– 200g de konjac

– 100g de filé de salmão em pedaços

– 1 colher (sopa) de talo de cebolinha picado

– 1/2 xícara (chá) de cogumelo shimeji

– 1 colher (sopa) de sake para uso culinário

– 1 colher (sopa) de shoyu

– 2 colheres (sopa) de azeite extravirgem

– Folha de papel alumínio

Modo de preparo
No centro do papel alumínio, coloque todos os ingredientes. Feche bem, fazendo um pacote. Coloque em uma frigideira e cozinhe em fogo alto por 6 minutos. Abaixe o fogo e deixe por mais 6 minutos. Retire do fogo, abra o pacote com cuidado e sirva.

 

Consultoria: Daniela Cyrulin, nutricionista do Portal Minha Vida; Lilian Speziali, nutricionista

 

Sua saúde

 

 

Para saber mais sobre dietas, adquira a revista Sua Saúde – já nas bancas!

 

 

 

 

 

Mais lidas