Laqueadura

Laqueadura

Um novo método para finalizar a fertilidade têm feito sucesso entre as mulheres. É o Essure, um dispositivo parecido com uma mola que é introduzido na tuba uterina, fechando-a e impedindo, definitivamente, a gravidez. Confira os depoimentos de duas pacientes que se submeteram a essa técnica e estão muito satisfeitas.

  

“Não quero mais ter filhos”

Confira os depoimentos de mulheres que optaram por esse método e não se arrependeram:

 

Ivonete dos Santos – 37 anos
Tem um filho de 14 anos

“Fiz o procedimento em março deste ano com a Drª Daniella, no Hospital do Servidor Público, em São Paulo, e foi muito tranquilo. Só senti uma pequena cólica durante o processo e não tive nenhum efeito colateral. Só não voltei ao trabalho no mesmo dia porque marquei para depois do expediente. Mas retornei para casa de ônibus e metrô e não senti nenhum desconforto. Já fiz o exame de confirmação e hoje me sinto mais tranquila, pois não preciso mais me preocupar em tomar anticoncepcional. Meu ciclo menstrual está normal e recomendo para as minhas amigas. Após o nascimento do meu filho, meu ex-marido tentou fazer vasectomia em um hospital particular, mas o médico se recusou a fazer e alegou que poderíamos nos arrepender depois. Meu atual namorado não queria que eu fizesse o procedimento, mas eu estava certa de que não queria mais ter filhos.”

 

Fabiana Cristofari Viero – 36 anos
Tem dois filhos: um de 10 e outro de 7 anos

“Como já temos 2 filhos, meu marido e eu achamos melhor optar por um método contraceptivo definitivo. Antes de conhecer esse novo procedimento, queria fazer a cirurgia de laqueadura, mas estava com receio devido a uma possível complicação e também por ter que me afastar do trabalho durante vários dias. Por ser um ambulatorial, a colocação do Essure me proporcionou tudo o que eu precisava. Não senti dor, só uma pequena cólica. Não tive nenhum efeito colateral e meu corpo também não sofreu nenhuma alteração. Fiz o procedimento em maio deste ano, com a Drª Daniella, e foi muito rápido e tranquilo. Como eu não posso tomar anticoncepcional, usava preservativo para evitar a gravidez, mas não me sentia totalmente segura. Hoje estou totalmente satisfeita com a escolha que eu fiz.”

Saiba mais sobre o novo método Essure.

 

Texto de Giovana Sanches
Consultoria:Daniella de Batista Depes, ginecologista e chefe do setor de endoscopia ginecológica do Hospital do Servidor Público Estadual de São Paulo. Fone: (0XX11) 5088-8085.
Foto: ThinkStock/GettyImages

Mais lidas