Inspire-se nos penteados das divas!

Modelo: Diane Fernandes (Agency) Cabelo e make: Evânio Alves Look: vestido Kikorpo; acessórios Fiszpan

Para copiar o penteado da diva Rita Wayworth basta enrolar com bobes virados para baixo, soltar os fios com os dedos, sem pentear. Usar babyliss para formar a ondulação não funciona, porque o aparelho tira o volume. Se o cabelo for volumoso, é só secar e modelar as pontas com uma escova pequena. Para um resultado perfeito, a cabeleira deve estar bem repicada.

Grace Kelly: a atriz obteve um grande espaço no cinema. Com o filme Matar ou Morrer (1952), tornou-se  bem popular. Suas atuações nas produções de Alfred Hitchcock (Disque M para Matar e Janela Indiscreta) ajudaram a deslanchar sua carreira. Também ficou conhecida como a princesa de Mônaco.

Modelo: Simone Soares (Ag. Vitrine) Cabelo e make: Paulo Botelho, do Rio de Janeiro Look: vestido Indumentárias Dançantes; acessórios Fiszpan

O corte médio com ondulações está em alta e a cor blonde, com mechas descoloridas, é indicado para as mais ousadas. Para copiar esse look, é necessário fazer escova, depois dividir o cabelo em três, enrolar os fios da parte do meio com bobes para baixo e as laterais para cima. Em seguida, usar fixador e difusor.

Modelo: Ana Paula Papa (Agency) Cabelo e make: Evânio Alves Look: Vestido Indumentárias Dançantes; pérolas Perolas de Maiorca

Grace Kelly tinha um estilo sofisticado. Esse look pode ser usado em eventos noturnos e requintados. Para fazer o coque princesa, as madeixas devem ser separadas de orelha a orelha para formar uma banana na parte de trás. Um leve topete, desfiado, caindo para a direita, complementa o visual. A lateral foi trabalhada formando elos.

Marilyn Monroe é ainda hoje um ícone de beleza e sensualidade. Tornou-se uma das mais populares estrelas dos anos 50, ao atuar em filmes como A Malvada (1950), Os Homens Preferem as Loiras (1953), Como Agarrar um Milionário (1953), Niagara (1953) e Quanto Mais Quente Melhor (1959) que lhe garantiu o Globo de Ouro de melhor atriz.

Audrey Hepburn é uma das divas mais famosas do cinema e referência para estilistas, maquiadores e cabeleireiros. Recebeu cinco indicações ao Oscar como melhor atriz, por A Princesa e o Plebeu (1953), Sabrina (1954), Uma Cruz à Beira do Abismo (1959), Bonequinha de Luxo (1961) e Um Clarão nas Trevas (1967), vencendo com A Princesa e o Plebeu.

Modelo: Silvia Polo (L’Agence Rio) Cabelo e make: Evânio Alves Look: vestido Acervo Retrô; brincos, colares e broches Fiszpan

Apesar do estilo anos 60, o visual é bem atual. Seu penteado é indicado para casamentos e eventos com pompa. Para fazê-lo, o centro da cabeça deve ser desfiado, puxado para trás e preso, para criar o coque. Pode-se colocar enchimento para dar forma e trabalhar com spray e pente. Use as laterais para cobrir o desfiado. Na nuca, os fios são divididos em duas mechas, transpassando-as e prendendo no alto.

Rita Wayworth é a diva inesquecível dos filmes Gilda (1946), Sangue e Areia (1941) e Salomé (1953), tinha nos cabelos ruivos uma de suas marcas. No clássico Gilda, foi consagrada a maior estrela da década e uma das mulheres mais desejadas do cinema.

Mais lidas