Estou grávida, e agora?

Existe uma infinidade de métodos contraceptivos disponíveis hoje no mercado. As famosas camisinhas, pílulas anticoncepcionais, dispositivos intrauterinos, injeções contraceptivas etc. Mas, apesar da grande variedade, a gravidez inesperada ainda acontece. E não adianta surtar! Agora que o bebê já está a caminho, o melhor é se acostumar com a ideia e se cuidar para que ele venha ao mundo com saúde. Conversamos com a diretora do Vida – Centro de Fertilidade da Rede D’Or Dr. Maria Cecília Erthal para falar sobre os primeiros passos que precisam ser tomados após a descoberta da gestação. Confira!

 

Procure orientação nutricional

mulher comendo salada

Foto: Thinkstock/Getty Images

A orientação nutricional é importante para a escolha adequada da alimentação e para que o bebê receba a quantidade necessária de nutrientes sem que a mamãe ganhe peso de forma excessiva. "Existem várias patologias que podem acontecer durante os 9 meses, como a diabetes e a hipertensão arterial, que podem ser minimizadas e até evitadas caso a gestante tenha esse acompanhamento", explica a Dra. Maria.

Faça o acompanhamento do pré-natal

mulher fazendo uma ultrassonografia

Foto: Thinkstock/Getty Images

Todos esses exames fazem parte do acompanhamento pré-natal. Além da saúde física, o pré-natal é responsável por cuidar também da saúde emocional da futura mamãe. Cumprir o cronograma certinho traz inúmeros benefícios, como a possibilidade de diminuir os riscos de a mulher sofrer de depressão pós-parto.

Agende uma consulta

mulher se consultando com o médico

Foto: Shutterstock Images

A primeira atitude que precisa ser tomara assim que a mulher descobre que está grávida, é agendar uma consulta com um obstetra de confiança. Ele será responsável por acompanhar a gestação, tirar todas as suas dúvidas e realizar o parto.

Comece a repensar o guarda-roupa

mulher mexendo no guarda-roupa

Foto: Thinkstock/Getty Images

Com o passar das semanas, você vai perceber que as suas roupas já não são tão confortáveis e até nem servem! Por isso, é hora de começar a comprar peças novas e abrir mão dos sapatos de salto e das roupas justas, evitando o desconforto e o risco de quedas.  A partir do 7º mês, é interessante que a mamãe também evite dirigir e não fique muitas horas em pé, visto que seus membros inferiores tendem a inchar nessa época.

Aproveite!

mãe e filho

Os cuidados são muitos e variados, mas não se preocupe! Seu médico fará de tudo para que a sua gravidez ocorra da maneira mais tranquila possível. Agora é hora de se desligar dos problemas e curtir a gestação! Afinal, há um serzinho lindo sendo formado dentro de você! Parabéns, mamãe!

Faça os exames iniciais

mulher tirando sangue

Foto: Thinkstock/Getty Images

Já na primeira consulta, serão solicitados alguns exames específicos para checar se está tudo bem com o organismo materno. No geral, são exames de sangue e de urina, incluindo testes sorológicos que notificam a presença de anticorpos para determinadas infecções, como por exemplo a toxoplasmose e a citomegalovirose, cuja exposição durante a gravidez pode levar a malformações no feto.

Nos próximos encontros, o peso, a tensão arterial, o crescimento do útero e o batimento cardíaco fetal( a partir da 12ª semana) serão avaliados com cuidado. Existem também datas para a realização de ultrassonografias, que ficarão responsáveis por analisar especificamente a evolução do bebê em épocas específicas da gestação. "Na 12ª semana, por exemplo, são avaliados alguns marcadores que, quando alterados, podem apontar para síndromes genéticas como a de Down. Já na 22ª, os órgãos e sistemas do bebê podem ser estudados detalhadamente; e assim por diante", acrescenta. 

Regularize as vacinas

mulher tomando vacina

Foto: Thinkstock/Getty Images

Além dos exames, a mulher deve se preocupar também com sua carteira de vacinação. Ela deve estar atualizada e, caso não esteja, a mulher deve informar seu médico para regularizar a situação.

Mais lidas