Entrevista: Zezé di Camargo fala sobre o casamento com Zilu

Entrevista com Zezé

Foto: Francisco Cepeda / AgNews

 

Zezé di Camargo conversou com a Guia da TV e revelou detalhes de seu casamento com Zilu. Segundo o sertanejo, os dois já estão separados há dois anos e para o cantor, não há um ralacionamento aberto. “Vai ver existe relacionamento aberto, mas apenas para um lado! Mas tem uns dois anos que estou solteiro!”, afirmou Zezé.  Sempre de bom-humor, o cantor ainda disse: “estou solteiro e na pista! Bem, acho que estou, não sei. Ainda há controvérsias!(risos)”. Zezé também falou sobre a emoção de ser avô pela primeira vez e contou detalhes do novo DVD. Ao lado do irmão Luciano, Zezé completa 20 anos de carreira com um novo trabalho e muitas surpresas, como a parceria com Paula Fernandes. “Eu até falei para ela uma vez:  ‘sua voz é tão bonita que você nem precisa ser tão bonita!’, afirmou o cantor. Claro que o assunto fidelidade não podia faltar e Zezé foi polêmico e garantiu que não existe homem fiel. Será? Acompanhe o bate-papo:

 

Guia da TV: Pode-se dizer que a última música do seu DVD retrata a sua história agora? Você acabou de afirmar que está solteiro.
Zezé: “Estou solteiro e na pista! Bem, acho que estou, não sei. Ainda há controvérsias!” (risos)

Guia da TV: Vocês acabam de lançar um CD de músicas inéditas. Há outras surpresas para os fãs?
Zezé: “Está programada uma surpresa sim, mas como não depende só da gente, eu vou esperar mais um pouco. Se der certo, é uma coisa muito boa e sai até o final do ano. Mas não tenho nada acertado ainda.”

Guia da TV: Por que demorou tanto pra sair esse DVD que na verdade era para ter sido lançado na comemoração de 20 anos de carreira e terminou saindo no aniversário de 21?
Zezé: “Nós estávamos esperando que ele tivesse maioridade! (risos) Na verdade, foi uma escolha nossa, por questão mercadológica. Nós decidimos lançá-lo no início do ano porque é um presente que você pode dar no dia das mães, dia dos pais, namorados. Íamos lançar no final do ano, mas ficou muito em cima da hora e não ia sair de acordo com o que a gente queria.”

Guia da TV: Vocês participaram de todos os processos?
Zezé: “Eu participo muito da parte musical, na escolha das músicas, roteiro. Depois das filmagens, se tem algum defeito que tem que arrumar, eu jogo para o Luciano. Eu não tenho paciência de assistir e o Luciano tem um talento para isso. Ele já fez curso de fotógrafo, gosta de assistir novelas, filmes. É impressionante porque, quando ele vai à Rede Globo, ele conversa com os diretores sobre algumas cenas. E ás vezes os diretores o procuram para pedir a opinião dele sobre alguma cena.”

Guia da TV: Como você trabalhou a parte de repertório?
Zezé: “Algumas músicas têm menos importância do que outras e ficaram de fora. Há quatro anos, nós fizemos um levantamento para saber os grandes sucessos da nossa carreira. Deram 86 músicas. É impossível colocar isso em um DVD! Montamos então, um roteiro com músicas leves e mais pesadas. Mas não usei nenhum critério.”

Guia da TV: Como surgiu a parceria com a  Paula Fernandes?
Zezé: “Fizemos o convite para Paula há quase três anos, antes mesmo de ela fazer sucesso. Eu conheci a voz dele numa música de novela. Cheguei numa rádio em São Paulo e comentei sobre ela. E a menina da rádio me conseguiu o CD. Eu fiquei alucinado com a voz e liguei para o rapaz que cuida da carreira dela. E comentei com ele que a Paula era um cristal que devia ser lapidado. Depois eu fui participar de uma festa no Sul e haviam outros artistas. Fiquei sabendo que ela estava lá. Quando eu subi no palco e pedi licença para o pessoal, comentei que eu era fã de uma cantora e a chamei para cantar umas duas músicas. Ela ficou meio desconcertada, mas subiu e cantou! E naquele dia eu a convidei para cantar com a gente. Eu até falei pra ela uma vez, sua voz é tão bonita que você nem precisa ser tão bonita!” (risos).

Guia da TV: Qual o diferencial da dupla Zezé Di Camargo e Luciano para as demais?
Zezé: “Ah, tem muitos! Primeiro porque nós somos baixinhos, moleques sacanas e brincalhões (risos). Brincadeira, acho que não tem diferencial. É muito difícil diagnosticar. Eu acho queé o trabalho que a gente faz com dedicação. E nós também damos a cara a tapa, falamos o que pensamos. Nós não fazemos o papel politicamente correto.”

Guia da TV: É verdade essa história de relacionamento aberto? Existe isso mesmo?
Zezé: “O que é um relacionamento aberto para você? (risos) Eu estou esperando a Zilu chegar para me explicar isso… Porque eu também não sei! Vai ver existe relacionamento aberto, mas apenas para um lado! (risos) Mas tem uns dois anos que estou solteiro! (risos) Vocês não sabem como é maravilhoso poder dizer que estou solteiro! Não existe homem fiel, existe homem que está no momento fiel. Fidelidade não existe como não existe felicidade, existe sim o momento em que você está feliz. Eu sou uma pessoa feliz? Não! Eu sou uma pessoa que está feliz. A gente tem que entender a vida assim. Eu sou uma pessoa de estatura baixa e vou ser a vida inteira. Eu sou uma pessoa alegre e vou ser a vida inteira. São características que vão sempre me acompanhar. Mas eu não sou uma pessoa feliz, porque haverá momentos em que estarei triste. Eu sou uma pessoa que tem momentos de felicidades. Acho que a vida é assim. O importante é ser feliz!”

Guia da TV: E o que você tem achado da parte de ser avô? Está gostando?
Zezé: “É muito bom! Até porque o avô só participa da coisa boa. Na hora em que a criança começa a chorar a gente devolve para mãe e para o pai. Eu lembro que fiquei uma semana em depressão quando descobri que ia ser avô! (risos) Mas eu sou uma pessoa muito positiva na vida. Eles me contaram por telefone e eu estava viajando. É claro que fiquei muito feliz! É claro que você pensa ‘vou ser avô’… Mas agora o meu maior medo é me chamarem de vovô sem vergonha, assanhado. Por enquanto está tudo bem” (risos).

Mais lidas