Entrevista: Dira Paes fala sobre a novela Salve Jorge

Dira Paes com vestido preto no lançamento de Dira Paes

Foto: Raphael Dias / Rede Globo

 

Presente em mais uma obra de Glória Perez, dessa vez, Dira Paes dá vida a um personagem bem diferente da fogosa Norminha de Caminho das Índias. Em Salve Jorge, ela é a batalhadora Lucimar, uma mulher guerreira, que além de trabalhar fora e cuidar da casa, ainda ajuda sua filha Morena com a criação do neto. Para a atriz, este papel é mais um presente em sua carreira que conta com diversos personagens marcantes e que emocionaram o público. Dira acredita que a novela vai trazer um novo olhar para o Complexo do Alemão e dará força para as mulheres que são chefes de família. Neste superpapo com a Guia da TV, a atriz ainda comenta, a alegria de contracenar com  Nanda Costa e revela que considera a atriz uma verdadeira “estrela”! Confira mais declarações de Dira Paes:

Guia da TV: Em quem você se inspirou para viver a Lucimar?
Dira: “Eu me inspirei em vários ‘alguéns’. Dificilmente me inspiro em uma só pessoa, sempre gosto de ter referência de várias pessoas. Acho que a personagem tem vários momentos e, na verdade, você pega esses elementos e escolhe um para dar o primeiro passo.”

Guia da TV: Você teve que se preparar para o papel? O que a personagem gosta de dançar?
Dira: “Ela vai do funk a estudantina. Ela é uma personagem igual a filha. A gente está mostrando essa proximidade de idade que existe entre mãe e filha. A Lucimar a teve a Morena com 15 anos e a filha teve um filho com 15 anos. Nós vamos mostrar isso porque dentro da comunidade, a sociedade é matriarcal, e as mães, como tiveram filhos muito jovens, estão naquele momento da vida mais intenso. Acho que vai ser legal ver essa relação de mãe e filha que também passa por uma relação de amizade. Elas serão muito próximas, vão compartilhar os mesmos problemas, os mesmos divertimentos e as relações amorosas.”

Guia da TV: Com quem ela vai se envolver?
Dira: “Por enquanto, com ninguém. Ela não é uma mulher que está atrás de homem, ela está vivendo a vida dela. E o grande trunfo dela , que estou levando nesse início de novela – porque a novela é extensa – é justamente essa mulher bem-resolvida dentro da sua comunidade. Ela tem uma casa bem legal, ela é uma vencedora, uma mulher contemporânea que não busca um parceiro.”

Guia da TV: Você se sente responsável por representar uma parcela da sociedade?
Dira: “Acho que dentro de uma novela que fica tanto tempo no ar, durante oito meses, sempre tem essa identificação com o público. E eu acho que esses personagens que a gente está trazendo, leva um novo olhar sobre uma comunidade pacificada. Nesse sentido, acho que muita gente vai se sentir representada pelo nosso núcleo.”

Guia da TV: Você tem algo em comum com a personagem? Alguma característica?
Dira: “Acho que as mulheres da comunidade são vencedoras dentro das dificuldades, são persistentes e perseverantes. Nesse sentido, eu também me sinto uma pessoa  que corre atrás dos sonhos e das vontades.”

Dira Paes e Nanda Costa em gravação de Salve Jorge

Foto: João Miguel Júnior / Rede Globo

Guia da TV: Como está sendo contracenar com a Nanda Costa?
Dira: “Acredito que vou reencontrá-la diversas vezes ao longo da nossa vida artística. Eu estou muito feliz, admiro muito o trabalho dela, inclusive nós já trabalhamos com alguns diretores em comum. Acredito que ela é uma estrela.”

Guia da TV: Você enxergou semelhanças entre vocês duas?
Dira: “Sim, principalmente a personalidade. A primeira vez que eu vi nós duas na tela, eu fiquei muito feliz e impactada. Acho que a gente tem um ‘borogodó’. A Lucimar é metade mãe e metade avó do filho da Morena, então acho que o público vai se identificar muito com ela. É aquela mulher que sai para trabalhar de manhã, volta com as compras de tarde, cuida do almoço. É uma administradora. E essas são as melhores administradoras do Brasil!”

Guia da TV: Você tem alguma fé em São Jorge?
Dira: “Meu filho nasceu dia 23 de abril, dia de São Jorge. Isso realmente me toca muito. Ele tem quatro anos e eu acho que é a maior das coincidências.”

Guia da TV: E você conheceu o Complexo do Alemão?
Dira: “Eu fui lá e acho que o Complexo do Alemão é uma potência cultural. Muita coisa construída no Brasil surge dentro das comunidades. Espero que a novela leve um novo olhar para as comunidades. Espero que a novela consiga fazer que isso se torne algo menos afastado da gente, mostre uma proximidade. Acredito que o Complexo do Alemão vai virar um lugar para ser visitado, para ser entendido.”

Mais lidas