Entrevista com Letícia Spiller

Letícia Spiller de jaqueta preta na coletiva de Salve Jorge

Foto: João Cotta / Rede Globo

 

Depois de participar de uma temporada em Malhação como a Laura, mãe de uma adolescente problemática, agora Letícia Spiller está de volta no horário nobre e integra o elenco de Salve Jorge. E atriz não esconde que pediu para Glória Perez, autora da trama, deixá-la dar vida à frágil Antonia. A moça vai ser a “laranja” da grande vilã Lívia, personagem de Cláudia Raia, e vai se meter em muitas encrencas durante a trama! Letícia, que acredita ser uma filha de São Jorge, ainda comenta sobre a preparação para este novo trabalho, revela as mudanças no cabelo e no corpo para estar ainda mais linda na tevê e fala sobre a chegada dos 40 anos. Confira:

Guia da TV: Como é a sua personagem Antonia?
Letícia: “Ela está tentando resgatar algo dela mesma. Tentando trabalhar e botar a mão na massa. Não como modelo, claro, porque ela já passou da fase, mas talvez com moda, coisas que ela saiba. Só que o marido é contra, ele não quer de jeito nenhum. Até que ela reencontra a Lívia, personagem de Claudia Raia, que é a pessoa que a descobriu como modelo e oferece uma oportunidade de emprego para ela. Só que nunca passa pela cabeça dela que a Lívia faz coisas obscuras. Para ela, a Lívia é uma mulher elegante e chiquérrima que não precisa disso. Então, ela nem questiona. Ela está tão ansiosa, tão sofrida de querer voltar a trabalhar e ajudar em casa… Ela tem uma filhinha pequena, então ela não vê nada e confia cegamente. E aí muita coisa vai acontecer, mas não posso mais dizer o que vai acontecer.”

Guia da TV: A Antonia é uma espécie de laranja da Lívia. Mas em nenhum momento ela se toca do que acontece?
Letícia: “A Lívia quer abrir uma outra empresa no Brasil, só que ela não pode.  Essa empresa é para selecionar meninas, selecionar grupos de dança, de música… E Antonia acha que é como ela, uma busca por modelos. Porque ela acha que é o mesmo trabalho que a Lívia fazia quando a descobriu. Lívia não precisa disso, se a gente pensar bem. Mulher rica, milionária, por que se envolver, né? Mas não sei como a Antonia vai descobrir e nem quando. Aí, temos que perguntar para a Glória Perez!”

Guia da TV: Como você tem saído das gravações?
Letícia: “Eu gravei pouco ainda, mas está bem bacana! Estou adorando. Eu acho que o público vai se identificar muito com a Antonia. Ela vai sofrer muito! Acho que vão torcer por ela, assim como eu vou ficar na torcida. “

Guia da TV: E quando surgiu o convite para trabalhar em Salve Jorge, como foi pra você?
Letícia: “Eu que me ofereci! Eu procurei a Glória, que eu acho que tem tudo a ver comigo, e eu acho que a Antonia é uma filha de São Jorge, com certeza. Eu acho que todas as personagens da Glória tem essa ligação. Principalmente as mulheres.”

Letícia Spiller de vestido azul em Salve Jorge

Fotos: João Miguel Júnior / Rede Globo

Guia da TV: Você disse que pediu para entrar na novela. O que a fez pedir?
Letícia: “Eu me identifico com Jorge, sou uma filha dele. Identifico com a Turquia, porque eu tenho tatuado no meu corpo uma caligrafia persa inspirada nos dervishes girantes da Turquia. Eu fiz uma pesquisa quando atuei em peça de teatro. Então, eu tenho tudo ligado.”

Guia da TV: Você acha que a Antonia agiu certo de largar a carreira pelo marido e família?
Letícia: “Não, jamais! Acho que a gente não deve abrir mão, porque o amor passa pela admiração. Por isso que eu acho que muita gente vai se identificar com a Antonia. Acho que o público vai torcer muito por ela. A gente nunca sabe o que pode acontecer, mas todo mundo vai ver o que está acontecendo com ela e vai dizer : ‘não”!’ Mas a Antonia não tem nada a ver comigo. Eu sempre lutei pelo que acreditava.”

Guia da TV: E como foi a caracterização para o personagem?
Letícia: “Eu clareei o cabelo e fiz uma dieta e  exercícios costumeiros. Faço aulas de dança, balé, dança moderna, aeróbico e musculação. É o básico da semana. Mas eu também não sou louca não, tem dias que eu não faço nada!”

Guia da TV: E como está sendo contracenar com o Caco Ciocler?
Letícia: “O Caco é parceirão! Ele já foi meu irmão em Rei do Gado, já foi meu antagonista na Paixão de Jacobina, filme em que fizemos juntos, e agora nós vamos ter uma relação bem turbulenta, cheia de conflitos.”

Guia da TV: Você é devota de São Jorge?
Letícia: “Acho que fui adotada por São Jorge porque, há muito tempo, um amigo me deu uma imagem e desde então, me identifico com esse santo guerreiro. Eu também me considero uma guerreira. Acho que faço parte dessa linhagem.”

Guia da TV: E fora a novela, você tem algum projeto?
Letícia: “Estou produzindo cinema. Eu tenho uma produtora, chama Paisagem e Filme, e o próximo projeto é uma comédia. Um filme que já está em fase final de captação. Já estamos com mais da metade do dinheiro pra filmar.”

Guia da TV: E o que você achou do trabalho de Marcello Novaes, seu ex-marido, em Avenida Brasil?
Letícia: “Nossa, ele arrebentou! Foi quase aquele anti-herói, quando o público torce às vezes pelo personagem. Isso que me fascina nesses personagens. Eu acho que pra ele foi um presente e ele aproveitou muito bem. Ele abraçou legal!”

Guia da TV: Você se preocupa com a proximidade dos 40?
Letícia: “Não. Outro dia escutei alguém falando que as mulheres deveriam revelar a idade porque hoje em dia elas estão aparentando tão menos, que é um motivo de orgulho falar a idade real. Acho que estou melhor do que eu era. Quando eu olho para atrás, vejo que estou melhor. Estou mais evoluída, mais madura, mais consciente. Estou usando a minha imagem para coisas que eu acredito que são importantes. Campanhas que eu abraço, coisas que eu posso ajudar. Então isso é bacana.”

Mais lidas