Entrevista com Kadu Moliterno

Kadu Moliterno

Foto: André Muzell/AgNews

Kadu Moliterno volta à Malhação depois de nove anos para viver o piloto de aviões Nelson, que irá descobrir que tem um filho deficiente fora do casamento. Na temporada de 2002 ele deu vida ao surfista César, pai do protagonista Pedro (Henri Castelli). Em meio ao clima de inovação e mistério da nova trama, Kadu garante que está totalmente “conectado” com os costumes da juventude, principalmente por causa dos filhos. Confira o bate papo:

 

Papo Feminino:Seu personagem em  Malhação é muito parecido com você: surfista, pai de adolescentes…

Kadu: Estou literalmente em casa, principalmente porque eu gravo na Praia da Macumba e moro ali também. Eu nunca vi um personagem encaixar tão bem com uma pessoa como este comigo.

Papo Feminino: Qual a importância dele na trama?

Kadu: Ele é pai de um adolescente, tem um filho cego, que aparece lá do Sul, onde ele teve um caso. Ele tem um ponto fraco, que é mulher e o filho é igualzinho a ele. Mas, quando a novela começa, ele já está meio arrependido, querendo voltar para a ex-mulher. Ele arruma uma namorada novinha, que é muito chata, não consegue acompanhar o ritmo da garota e sente saudades da ex.

Papo Feminino: Malhação está mudando completamente o seu estilo. Você acha esa nova proposta válida para prender os adolescentes?

Kadu: Acho que isso é muito moderno, é algo que prende. A Janete Clair, lá atrás, sempre tinha um gancho quando terminava um capítulo e a gente ficava esperando o dia seguinte para saber o que iria acontecer. Eu era moleque e me lembro disso. Além disso, quando acabar o programa, o público vai ficar conectado, discutindo o que rolou no capítulo com os atores pelo site, pelo twitter e pelo Facebook. Isso é muito interessante, é atual, moderno, novo e quem não gosta de mistério?

Papo Feminino: Como é o trabalho com essa garotada de Malhação? Te traz um frescor?

Kadu: O fato de eu voltar a fazer Malhação, que já fiz uma vez, estar em contato com a garotada que está chegando é muito legal. Tenho 42 anos de carreira e acho que tenho muito o que proporcionar à eles, e também tenho muito a aprender. Quando a gente tem filho, isso também acontece.

Papo Feminino: A Malhação também vai abordar a paranormalidade. Como você vê o assunto?

Kadu: Tivemos uma experiência só uma vez, em Casemiro de Abreu. Eu e meus filhos vimos uma parada muito estranha. Era uma luz muito forte, que desceu, parou. Nós paramos o carro, tentamos fotografar, mas não conseguimos. Todo mundo ficou assustado e o negócio desapareceu.

Papo Feminino: Você também é uma pessoa conectada?

Kadu: Sou conectado direto, porque meus filhos também são. Minha filha está morando nos EUA, então eu fico no Skype matando as saudades. Além disso, tenho Facebook, Twitter e o meu site www.kadumoliterno.com.br.

Mais lidas