Entrevista com Gabriel Braga Nunes

Entrevista com Gabriel Braga Nunes

Foto: João Cotta / Rede Globo

Seja como vilão ou como mocinho, Gabriel Braga Nunes dá sempre um show de interpretação. Depois de interpretar o malvado  Léo na novela global Insensato Coração, o ator mostra sua versatilidade e emociona o público mais uma vez.

Em Amor Eterno Amor, ele vive o protagonista Rodrigo, que foi sequestrado durante a infância e reencontra a mãe já na vida adulta.

Queridinho do público, Gabriel enfatiza que o sucesso de seus personagens é fruto do trabalho em equipe. Na entrevista com o ator, ele ainda comenta sobre a escolha pela carreira de ator e o assédio dos fãs. Dono de lindos olhos azuis e um sorriso encantador, Gabriel alerta: ” é preciso estar preparado para lidar com isso, senão vira uma coisa muito louca na sua vida.” Confira outras declarações do ator.

 

Guia da TV: Como está sendo a experiência de viver um mocinho agora, em Amor Eterno Amor?

Gabriel: “Fiquei feliz e muito sensibilizado. A novela Amor Eterno Amor é  singular e honesta.”

 

Guia da TV: Quando você inicia um trabalho, já fica na expectativa que o sucesso pode acontecer?

Gabriel: “Procuro não criar grandes expectativas. Gosto de ter uma boa relação com as pessoas que estou trabalhando. No âmbito profissional, procuro ter uma boa relação com meu personagem. Espero que ele me estimule na minha vida, e que, eu consiga dessa maneira, oferecer bons resultados para os meus colegas e os espectadores.”

 

Guia da TV: Você fez um enorme sucesso com o vilão Léo de Insensato Coração. A que se deve a boa aceitação do público com o seu personagem?

Gabriel: “Tenho a noção clara, de que, o sucesso do personagem que eu fiz, foi algo coletivo. Se não fosse a equipe de primeira: direção, texto e o elenco tão competente dessa novela, o Léo não teria todo o destaque que teve.”

 

Guia da TV: Atualmente você é contratado da Globo, mas já trabalhou no SBT e Record. O que acha dessa diversidade na teledramaturgia?

Gabriel: “Seria excelente se, tivéssemos cada vez mais emissoras produzindo telenovelas com constância de produção, frequentemente. Porque novela é uma marca tão forte da cultura brasileira, que seria muito bom se diversas emissoras produzissem sempre.”

 

Guia da TV: O assédio dos fãs é algo que te incomoda ou você tira de letra?

Gabriel: “Faz parte do nosso trabalho agir com naturalidade. Não pode ser algo de ‘sete cabeças’.  É preciso estar preparado para lidar com o assédio, senão vira uma coisa muito louca na sua vida.”

 

Guia da TV: Como você costuma trabalhar a questão do ego no seu ofício de ator?

Gabriel: “Nunca fiz análise, somente algumas terapias. Não é meu foco ficar pensando em como trabalhar essa questão. Mas não creio que eu seja vítima do meu ego.”

 

Guia da TV: Como define sua relação com o teatro? Qual a relevância desse gênero em seu trabalho?

Gabriel: “Foi através do teatro que despertou a vontade de ser ator, quando eu era criança. Durante muitos anos, ser ator pra mim, estava ligado exclusivamente ao teatro. Nos últimos anos, descobri uma boa relação, inclusive de amor e paixão, com o cinema e a televisão também.”

 

Guia da TV: O fato de você ser filho da atriz Regina Braga, influenciou de alguma forma, sua escolha pela mesma carreira?

Gabriel: “Sempre influencia, não só na minha profissão. É muito comum jovens seguirem o ofício dos pais, em todas as áreas. Tenho diversos amigos médicos, que tem pais médicos também.”

 

Guia da TV: Você vem transitando bem na tevê, cinema e teatro. Como tem conseguido esse feito de ter trabalhos bem-sucedidos nessas três áreas distintas?

Gabriel: “Não tem nada de muito misterioso, não. Não tenho dificuldade de transitar nessas áreas. Nunca tive. Não acho que sejam substancialmente diferentes, no que tange o trabalho do ator.”

 

Guia da TV: Atuar pra você é….

Gabriel: “Tenho a felicidade de gostar muito do meu ofício, porque nem sempre isso acontece. Tem pessoas que, às vezes, são bem-sucedidas profissionalmente, mas não se dão tão bem com a profissão. No meu caso, tenho a alegria de fazer as coisas em que tenho trabalhado ultimamente.”

 

Guia da TV: Qual sua relação com a moda? Como define seu estilo?

Gabriel: “Não é minha área. Mas eu sei qual é a sensação de você sentir-se bem ou não com a roupa que está. Mas não saberia olhar de fora e definir meu estilo.”

Mais lidas