Entrevista com Cauã Reymond

Entrevista com Caua Reymond

Foto: Francisco Cepeda / AgNews

 

Depois do sucesso como protagonista de Cordel Encantado, Cauã Reymond está de volta para interpretar um papel completamente diferente do mocinho da novela das seis. O Jorginho de Avenida Brasil é um jogador de futebol frustrado e cheio de problemas psicológicos. Além disso, o personagem de Cauã vai ficar dividido entre duas musas: Débora Falabella e mais uma vez, Nathalia Dill. Nesta entrevista, o ator fala sobre a nova novela, comenta sobre a preparação para interpretar Jorginho e revela se sentirá ciúme da filha Sofia, fruto do relacionamento com Grazi Massafera. Confira:

 

Guia da TV: Como é o Jorginho?
Cauã: “O Jorginho é um garoto cheio de problemas psicológicos. Ele sofre pelo fato de o pai ser um craque e ele não chegar aos pés do Tufão. Na história, o Tufão foi um jogador do Flamengo, jogou na Europa e até pela seleção. E o Jorginho é reserva de um time da segunda divisão. Então ele sofre com essa questão.”

 

Guia da TV: Você consegue pelo menos dizer que estilo de jogador de futebol ele é?
Cauã: “Vocês talvez encontrem certos comportamentos, mas é um garoto que frequentou uma escola particular e tem dinheiro. Mas eu não peguei alguém e tentei imitar, peguei coisas de cada um. O discurso de um, a forma de se vestir de outro. Ele é atacante que perde gol.”

 

Guia da TV: Como você está se preparando para interpretar um jogador de futebol?
Cauã: “Estou fazendo um treinamento especial com o pessoal da novela. A gente tem até um time!  Cada um tem uma posição e a gente treina que nem um time de futebol de verdade. Outro dia, eu vi um treino do Boa Vista e eles estavam fazendo uns exercícios iguais aos nossos.”

 

Guia da TV: E você está perdendo peso com esse treinamento todo?
Cauã: “Não, eu dei até uma engordadinha. Acho que a camisa está mais justa.”

 

Guia da TV: Você se inspirou em algum jogador de futebol para o personagem?
Cauã: “Me inspirei em alguns jogadores. Mas, por mais que o Jorginho seja suburbano, ele não dá entrevista tipo ‘o jogo foi bom e a gente vai voltar e se Deus quiser ou o grupo vai melhorar no segundo tempo’. Alguns jogadores ainda têm esse discurso e outros já não tem mais. Eu acho que é porque eles têm profissionais de marketing que orientam.”

 

Guia da TV: Você está gostando dessa preparação?
Cauã: “Sim, eu estou gostando de jogar bola. Quando tenho de ir lá treinar não é um dia chato. Eu adoro.”

 

Guia da TV: Você prefere fazer mocinhos ou vilões?
Cauã: “O Jesuíno, que era de Cordel Encantado, era um mocinho bem básico. Romântico, tinha uma coisa bronca, mas eu gostava muito de fazer. E o mocinho que eu faço aqui é um mocinho diferente. Não é um mocinho normal porque ele é muito perturbado para poder ser um mocinho romântico. E ele é do subúrbio. Até os doze anos estava no lixão, depois no subúrbio, mesmo que com grana.”

 

Guia da TV: Você gostar de esportes ajuda para esse personagem?
Cauã: “Ajuda muito gostar de esporte. Eu tenho muito prazer em malhar, sou viciado em endorfina.”

 

Entrevista com Caua Reymond

Foto: Ricardo Leal / Colaborador

 

Guia da TV:  E a Grazi? O que está achando?
Cauã: “Ela me assistiu nos meus primeiros treinos. Foi muito generosa nos comentários. E depois ela foi me ver novamente.”

 

Guia da TV: E você está preparado para ser pai? Vai sentir ciúmes da filha?
Cauã: “Vou estar preparado quando a Sofia nascer. Quando eu assisti ao filme Os Descendentes, fiquei com ciúme. Quando vi a filha, gatinha com dezessete anos, pensei que daqui a pouco, vai chegar a minha vez. Já comecei a olhar com outros olhos. O meu discurso era bem livre, mas agora mudou.”

 

Guia da TV: E como vai ficar a sua vida profissional depois da chegada da Sofia?
Cauã: “A gente está desenvolvendo alguns projetos para filmar no começo do ano que vem. Depois da novela, eu quero realmente ficar em casa para curtir. Estou elaborando um curso para atores para o final do ano, pensando em um profissional para vir dar esse curso no Rio de Janeiro. Mas trabalhar como ator, só no começo do ano que vem. Quero trabalhar como pai quando acabar a novela.”

 

Guia da TV: E como está a gravidez da Grazi?
Cauã: “Ela tem uma gravidez tranquila. E eu acho que a melhor forma de ser um bom pai, é cuidar da mulher durante a gravidez. Se você cuida bem dela, ela fica tranquila e diminui a possibilidade de ter problemas.”

Mais lidas