Entrevista com Alinne Moraes

Entrevista com Alinne Moraes

Foto: Francisco Cepeda / AgNews

 

Alinne Moraes encara mais um desafio na carreira de atriz. A bela é protagonista do filme Heleno, que conta a história de um dos maiores jogadores de futebol de país. Ao lado de Rodrigo Santoro, Alinne brilha nas em mais um trabalho de sucesso. Além de falar sobre as dificuldades de compor a Silvia, sua personagem no longa, a atriz também falou sobre futebol e os projetos para 2012. Após as férias mais que merecidas, atriz vai brilhar nos palcos no segundo semestre deste ano. Confira o bate-papo:

 

Guia da TV:  O que você usou para compor a Silvia no filme Heleno?
Alinne: “Na verdade a gente não foi tão fiel, até porque o nome dela era Ilma e mudamos pra Silvia. Mas eu precisei pesquisar um pouco, conversei com o Rodrigo Santoro com o Zé, diretor do filme, e também tivemos a ajuda do Sérgio Pena que é o nosso preparador. Ela não era uma “maria chuteira”.  Ela se apaixonou mesmo e tinha muita admiração por ele. E ela era uma grande mulher! E o pessoal a chamava ela de Heleno de saia. Ela fazia parte de um pedaço do corpo dele. Em determinado momento, ela se sentiu um pouco traída, não porque ela não sabia quem ele era, mas ela se sentiu sozinha. Mas ela continuou ao lado dele até o fim! A Silvia é uma mulher muito forte, fiel, leal e muito ligada ao Heleno em todos os momentos.”

 

Guia da TV: Qual a sua relação com o futebol?
Alinne: “Preciso confessar que eu não sei absolutamente nada sobre futebol! Eu não tenho relação nenhuma. Eu sou filha única, somos só mulheres em casa. Não fui mostrada ao futebol, não tive essa paixão na minha vida. Mas eles estão tentando me convencer à ir assistir uma partida do Vasco. ”

 

Guia da TV: Qual a diferença de fazer cinema e televisão?
Alinne: “No cinema você tem todo aquele perfeccionista de fazer uma cena com mais cuidado. Você tem o tempo do silêncio, que é uma coisa que a televisão não permite.”

 

Guia da TV: Você tem outros projetos para este ano?
Alinne: “Eu estou de férias por enquanto, mas daqui a dez dias eu vou ensaiar no Rio uma peça de teatro. A minha personagem é a Dorotéia. É um projeto que estou trabalhando desde o ano passado, e eu adoro o Nelson Rodrigues. Estou muito feliz! Vai estrear em junho ou julho, e depois, a gente vem pra São Paulo. A peça fala sobre como as pessoas que são escravas da belezas. É uma peça muito atual, distinta e  me interessa tocar nesse ponto, porque as pessoas sempre pedem mais de nós quando somos bonitos.”

 

Guia da TV: Você vai atuar em Guerras dos Sexos?
Alinne: “Não por conta de vários projetos, mas ainda não posso ficar falando muito. Gosto de dizer quando as coisas estão fechadas!”

 

Guia da TV: Você comentou que a sua personagem do filme O Vendedor de Passado é um grande desafio na sua carreira. Por que?
Alinne: “Porque é uma personagem muito misteriosa, ela evita contar a história dela, o passado para Vicente, personagem de Lázaro Ramos. Ela coloca nas mãos dele todo este trabalho sobre a vida dela, uma nova vida, digamos assim. É muito difícil porque não tem muito parâmetro de onde me inspirar.  Acho que é por isso que eu disse que é mais difícil. Por exemplo, todo mundo se refere a tetraplégica que eu fiz, dizendo que era muito difícil. E eu achei uma personagem mais fácil, porque você tem que se basear, tem um corpo ali, uma postura, uma história, uma experiência, uma dor.”

Mais lidas