Entenda o comportamento dos cães

Animal em casa é tudo de bom! A convivência com eles nos ensina muito sobre amor, paciência e respeito. Por isso, nunca é demais entender como esses pequenos – ou não – bichos vivem e experimentam o nosso mundo. Confira algumas curiosidades sobre o comportamento dos cães na galeria abaixo!

 

Paladar nada aguçado

cão comendo

Foto: Shutterstock Images

O cão tem cerca de 9 mil receptores gustativos a menos do que o homem, portanto, atraem-se pela comida mais pelo cheiro do que pelo sabor. Cães tendem a não gostar do sabor amargo e se atrair pelo sabor doce. Mas nem por isso você deve dar um pedaço do seu chocolate para o amigo canino, ok? O procuto contém teobromina, substância que vem do cacau e é tóxica para os cães, podendo ser letal se ingerida em grandes quantidades. Além disso, oferecer doces para o bicho pode favorecer o aparecimento de problemas nos dentes e obesidade.

Chicotada de alegria

cães abanando o rabo

Foto: Shutterstock Images

Os pesquisadores ainda não sabem explicar ao certo por que os cães abanam o rabo, mas sugerem que a ação sirva para espalhar seus feromônios exalados pela região do ânus. Esses hormônios serviriam para entender que a pessoa ou o cachorro para o qual o animal está balançando a cauda é bem aceito por ele.

Cadê o petisco?

cão com petisco no focinho

Foto: Shutterstock Images

A visão periférica desses animais é melhor do que a dos humanos: algumas raças conseguem ver até 270º, contra apenas 180º da visão humana. É por isso que eles captam melhor a imagem daquele biscoito sendo jogado ao lado dele do que aquele deixado bem debaixo do focinho - os cães têm dificuldades de enxergar objetos que estão a poucos centímetros dos olhos.

Quê? Explica de novo?

cão com óculos

Foto: Shutterstock Images

Você está ali, batendo um papo com o cachorro, contando seus problemas do trabalho pra ele e tudo o que faz é inclinar a cabeça e fazer cara de desentendido. E esse gesto realmente serve para compreender melhor o que se passa ao redor do bicho: a leve inclinação faz com que ele focalize melhor a imagem e capte os ruídos.

Bem pertinho

cães destruindo sofá

Foto: Shutterstock Images

Pelo fato de que esses adoráveis bichinhos usam o fato para quase tudo é que eles fazem de tudo para dormir na cama do dono ou no sofá, principalmente quando estão sozinhos. Os cães procuram lugares com odores amigáveis para se sentirem tranquilos. Assim, em vez de largar a caminha comprada no pet shop em qualquer lugar da casa e esperar que o cão a use, que tal deixar uma roupa sua para tornar o local mais atrativo?? É para se sentir mais perto do dono também que alguns cães mastigam sapatos, travesseiros e cobertores.

Pega!

cão com bolinha no focinho

Foto: Shutterstock Images

Por causa do seu instinto de caçador, o cachorro enxerga melhor objetos em movimento do que parados. Daí também vem a graça de correr atrás de bolinhas, galhos ou quaisquer outros objetos jogados pelo dono. Esse tipo de brincadeira também proporciona o gasto de energia dos cães, necessária para controle do peso e para que eles não usem a pilha carregada para destruir a casa inteira.

Eles não entendem a TV

cão deitado no sofá

Foto: Thinkstock/Getty Images

Seu cachorro pode até parar, de vez em quando, para prestar atenção à telinha. Eles percebem as imagens e os sons na tela, mas isso não quer dizer que entendam o que está sendo transmitido. As imagens da televisão são calibradas para a visão humana, que capta 60 quadros por segundo. Como os cães enxergam de 70 a 80 quadros por segundo, veem as imagens como uma sequência de slides trocados rapidamente.

De cara na janela

cão na janela do carro

Foto: Shutterstock Images

Um simples passeio de carro pode ser uma aventura deliciosa para o cão, desde que a viagem nao seja para a clínica veterinária, claro. Eles gostam de pôr o focinho para fora da janela porque conhecem muito o mundo pelo olfato, absorvendo odores diferentes trazidos pelo vento.

Tags:

Mais lidas