Diferenças entre produtos light, diet e zero

Diferenças entre produtos light, diet e zero

Foto: Thinkstock/Getty Images

Com tanta variedade de produtos no mercado, sempre surgem dúvidas: quais as principais diferenças entre light, diet e zero? Quais são as melhores opções para emagrecer? E quais são mais saudáveis? A nutricionista Ana Carolina Icó explica as principais características destes produtos e ensina o melhor jeito de consumi-los:

Diferenças entre diet, light e zero

A nutricionista revela quais as peculiaridades de cada tipo de produto:

Light: apresentam redução no teor de nutrientes como açúcares, gorduras ou sódio ou redução no valor energético. Para ser considerado light o produto deve conter no máximo 40Kcal/100g para produtos sólidos, 20Kcal/100mL para produtos líquidos ou ainda os alimentos devem apresentar redução de no mínimo 25% das calorias em comparação aos produtos similares tradicionais.

Diet: são aqueles em que há redução ou isenção de algum nutriente como açúcar, proteínas ou gorduras. Esses produtos são indicados para quem apresenta restrições alimentares devido a uma condição metabólica específica, como é o caso dos portadores de diabetes que necessitam controlar a quantidade de açúcares da alimentação.

Zero: assim como os diet, são isentos de algum nutriente – açúcar, sódio, proteínas ou gorduras – em comparação a sua versão convencional.

Produtos para diabéticos

Os portadores de diabetes devem ficar atentos aos rótulos dos produtos: não são todos que podem ser consumidos livremente. “Para os portadores de Diabetes Mellitus, o controle do consumo de açúcares é primordial, por isso os produtos mais indicados para esse público são os diet e zero açúcar. Esses produtos possuem isenção de açúcares em sua composição e por isso estão aptos a atender as necessidades metabólicas destes indivíduos”, revela Ana Carolina. No entanto, ela ressalta que nem todo produto diet é isento de açúcar: “Ele pode apresentar a isenção de algum outro nutriente, portanto é fundamental ficar de olho no rótulo dos alimentos consumidos”.

Emagrecer com saúde

Para quem quer perder peso e está em dúvida, a melhor solução para afinar a silhueta são os produtos light. “Os produtos light são os mais indicados para quem deseja perder peso e por isso precisam restringir as calorias consumidas. Como esses produtos geralmente possuem redução do valor energético, são boas escolhas para esse público. Entretanto, é importante salientar que alguns alimentos light possuem apenas redução de sódio, mineral que não influencia nas calorias do produto”, conta a nutricionista. Já os produtos diet e zero não são essenciais para quem deseja perder alguns quilinhos: “Os produtos diet, apesar de serem também consumidos por quem está de dieta, podem nem sempre ser bons aliados do emagrecimento. Alguns produtos diet podem ter o valor energético maior do que as versões tradicionais, uma vez que com a isenção de um nutriente, outro é adicionado ou tem sua quantidade aumentada para adaptar o sabor ou a consistência. O melhor é ficar atento aos rótulos e não cair nessas armadilhas”, revela a especialista. O mesmo vale para os produtos zero.

Riscos

Não é só porque um alimento é de baixa caloria que pode ser consumido à vontade. De acordo com Ana Carolina, estes rótulos não deixam o produto mais saudável: “Estes alimentos se diferem das versões tradicionais apenas pelas mudanças na composição. Um bom exemplo é o chocolate diet, no qual o açúcar foi excluído e em seu lugar há uma adição de gorduras. Já entre os produtos light, o exemplo é o creme de leite light, cuja quantidade de gorduras e as calorias foram reduzidas, mas ainda estão presentes no produto”.

 

Consultoria: Ana Carolina Icó – nutricionista do Portal Minha Vida

Mais lidas