Dieta da proteína

Dieta da proteína

Foto: Shutterstock Images

A famosa e polêmica dieta da proteína acaba de ganhar um cardápio bem magrinho e saudável. “A versão tradicional é baseada na ingestão de alimentos ricos em gordura saturada, como presunto, queijos gordos e bacon. Esse tipo de proteína ingerida em excesso é prejudicial à saúde”, explica a nutricionista Amélia Duarte, da Bahia. Já a dieta da proteína magra tem a vantagem de conter alimentos mais baratos e com menos gordura, mas sem perder o motivo de tanto sucesso: emagrecimento rápido. Com um programa de exercícios e esse cardápio, você pode eliminar até 5kg em um mês. Entretanto, Amélia alerta que essa dieta só deve ser feita por 4 semanas e pessoas com problemas renais precisam de acompanhamento especializado para segui-la.

Café da manhã
Opção 1:
1/2 mamão papaia  1 xícara (chá) de café com leite desnatado e adoçante  1 omelete de 2 claras
Opção 2: 2 rodelas de abacaxi  1 iogurte natural desnatado (180g) com adoçante  1 colher (sopa) de aveia
Opção 3: 1 banana-prata  1 omelete com 2 ovos caipira preparada sem gordura
Opção 4: 1 tangerina  1 copo de mingau de aveia (250ml) preparado com leite desnatado e adoçante
Opção 5: 1/2 fatia de melancia  1 xícara (chá) de café com leite desnatado e adoçante  1 espetinho de queijo coalho na chapa (60g)

Lanche da manhã, da tarde ou ceia
Opção 1:
gelatina diet (à vontade)
Opção 2: 1 fatia de queijo mussarela
Opção 3: 1 iogurte light (100g)
Opção 4: 6 unidades de castanha-de-caju

Almoço
Opção 1:
salada de alface à vontade, 1 tomate e molho  1 filé de peito de frango grelhado (150g)
Opção 2: 4 colheres (sopa) de picadinho de quiabo com abóbora  4 sardinhas assadas
Opção 3:  salada de alface, manjericão e 1 tomate  3 sobrecoxas de frango ensopado
Opção 4: repolho refogado à vontade  1 latinha de atum light refogado (110g)
Opção 5: salada de folhas à vontade  1 omelete preparada com 2 ovos e recheada com 2 colheres (sopa) de carne moída

Jantar
Opção 1:
3 folhas de couve refogada  3 colheres (sopa) de purê de abóbora  3 sardinhas assadas com molho de tomate.
Opção 2: salada de alface à vontade  1 filé de frango grelhado
Opção 3: salada de alface à vontade e 1 tomate  1 omelete preparada com 3 ovos
Opção 4: salada de repolho refogado à vontade  1 peito de frango grelhado (150g)
Opção 5: salada de alface, tomate e manjericão  1 latinha de atum light refogado (110g)

Molhos para salada:
Opção 1:
1 colher (sopa) de azeite de oliva, 1 colher (café) de vinagre de maçã, 1 pitada de sal marinho, 1 colher (sopa) de suco de limão, pimenta-do-reino moída, coentro, hortelã e cebolinha.
Opção 2: iogurte natural desnatado com 3 colheres de sopa de suco de maracujá

Não pule o jantar!

Se você acha que deixar de jantar vai ajudar no emagrecimento, está enganada. “Algumas pessoas não têm apetite para uma refeição completa, mas também não têm a saciedade para evitar os múltiplos beliscos”, afirma a endocrinologista Ellen Simone Paiva, do Citen (Centro Integrado de Terapia Nutricional).

Sugestões para o jantar

– Comece sempre pela proteína, como sobrecoxa de frango assada, lagarto cozido ou assado, pescada branca assada no bafo em papel alumínio, atum em água e sal e ovo mexido ou omelete.
– Associe à proteína um carboidrato, que pode ser arroz, batata (assada, cozida ou em purê), milho, pão, mandioca ou macarrão.
– Estabeleça uma salada para a semana com grão-de-bico ou feijão cozidos al dente, berinjela assada, tomate-cereja, abobrinha levemente aferventada, cenoura pouco cozida ou crua ralada, ervilha fresca e milho cozido.
– Sobremesa: abacaxi em fatias geladas com raspas de hortelã ou de limão; cozido em calda com adoçante de forno e fogão cozido em pedacinhos e incorporando gelatina de abacaxi ou assado com canela.
– Eventualmente, prepare um lanche com pão e rosbife de lagarto, patê de atum com ricota, maionese light ou ainda filé de frango ou bovino grelhados.

Consultoria: Ellen Simone Paiva, endocrinologista do Citen (Centro Integrado de Terapia Nutricional)
Amélia Duarte, nutricionista clínica de Salvador, Bahia

Mais lidas