Conheça os tipos de alongamento

Cabelos volumosos

Foto: Thinkstock/Getty Images

Cabelos abundantes e a possibilidade de variar penteados e cortes. Que mulher não quer ter madeixas lindas e versáteis? Saiba mais sobre opções de alongamento para conquistar volume e atraia todos os olhares!

Métodos
Aqueles fios ralinhos podem ser considerados reclamações do passado. As técnicas de alongamento tão procuradas para render comprimento aos cabelos também estão cotadas pela mulherada para dar volume às madeixas. Os métodos para conquistar cabeleiras mais robustas são os mesmos usados para se conseguir os fios longos.

Atualmente, o primeiro na lista feminina, segundo o hairstylist Alcimar Alves, do salão De La Lastra, em São Paulo (SP), é o que usa queratina. “Esse é o mais procurado, pois não existe contra-indicação nem forma de rejeição por ser um princípio ativo do próprio cabelo, além de deixar o resultado final muito natural.” Alcimar conta que a cola de queratina é aquecida e aplicada com uma máquina especial para fixar as mechas, que são colocadas a um centímetro da raiz. O acabamento da emenda é feito com os dedos. O número de mechas varia de acordo com a necessidade da mulher. “Em geral, são colocadas 180 mechas para dar comprimento e 50 para volume.” O hairstylist afirma que as mechas duram de três a quatro meses, dependendo do crescimento do cabelo.

Outro método com queratina é o alogamento que utiliza polímeros à base dessa mesma substância. “O polímero também possui substâncias similares ao cabelo e é um processo que não utiliza cola”, explica Luciana Alvarez, do salão Scenário, em São Paulo (SP). As mechas, de acordo com Luciana, são colocadas uma a uma através de um equipamento de alta freqüência que faz a união dos fios. A manutenção do método é feita de quatro a cinco meses, dependendo do tipo de fio.

O alongamento a laser é mais uma técnica que utiliza queratina. “A principal diferença entre a cola de queratina e o laser é o tempo gasto para a colocação das mechas: para o primeiro leva 2 horas e 30 minutos e, no segundo, mais ou menos 45 minutos, pois o pente com as mechas preparadas para o laser permite colocar mais fios ao mesmo tempo”, explica Alcimar. O cabeleireiro Eron Araujo, do salão W, no Iguatemi, em São Paulo (SP), faz uma apenas uma ressalva: “Com o laser você não consegue ter um tratamento artesanal, principalmente nos casos de volume, pois você não tem tanta precisão já que utiliza várias mechas de uma vez.”

Preço
Uma pesquisa de preço mostra que o valor para se conseguir cabelos volumosos varia de caso para caso. Em média, custa de R$ 800 a mais de R$ 3.500,00.

Contra-indicações
Para conseguir os fios tão sonhados é preciso fazer uma avaliação dos cabelos antes de colocar as mechas, para não haver imprevistos. “O alongamento não é indicado para clientes que apresentam queda de cabelos, para que não force a sua raiz. Então, indicamos primeiro um tratamento para fortalecer a raiz e só depois é feito o processo”, recomenda Alcimar. “Fora isso não há contra-indicação”, concorda Luciana. Eron resforça: “Tudo depende apenas de o cabeleireiro, junto com a cliente, encontrar o fio e a textura ideal para cada necessidade e fazer a combinação mais adequada para cada tipo de cabelo.” Por isso, o melhor é procurar um profissional de confiança para não correr qualquer risco.

 

Conheça os tipos de alongamento

 

 

 

Para saber mais sobre técnicas de alongamento e cortes de cabelo, confira a revista Superguia Especial Cabelos – já nas bancas pertinho de você!

 

 

 

 

Tags:

Mais lidas