Conheça as mudanças na lei do ensino fundamental

Conheça as mudanças na lei do ensino fundamental

Foto: Thinkstock/Getty Images

Uma nova resolução do Conselho Nacional de Educação (CNE) vai alterar a vida escolar de algumas crianças: fique atenta para as mudanças antes de matricular os filhos que vão entrar no primeiro ano do ensino fundamental!

De acordo com a regra anterior, o aluno ingressava no 1º ano quando completava seis anos até o dia 30 de junho. Agora, a data mudou para 31 de março. A rede pública já implementou a data este ano, mas as escolas particulares irão mudar a resolução a partir de 2012.

A psicopedagoga Betina Serson explica como serão as mudanças e esclarece alguns pontos importantes para os pais.

– O que diz a nova lei? Qual é a intenção da mudança?

A intenção é que as crianças entrem mais maduras no ensino fundamental. O amadurecimento não é só psicológico, mas neurológico também. Se a criança estiver mais amadurecida irá ser alfabetizada com mais facilidade.

– Qual é a maior preocupação dos pais?

A preocupação é que as crianças irão perder um ano. Na verdade elas não estarão perdendo um ano e sim estarão ganhando ao aprender com mais facilidade. Não existe vantagem nenhuma fazer com que a criança seja alfabetizada mais cedo.

– Qual seria uma possível solução para as crianças que fazem seis anos no primeiro semestre?

Como toda lei, levará um tempo para se organizar. Isto é daqui a alguns anos e as crianças não terão mais esse problema. A educação infantil será estruturada para que as crianças que fazem aniversário no primeiro semestre estejam na pré-escola.

– Como os pais devem proceder na hora da matrícula?

Os pais devem matricular os filhos com seis anos no primeiro ano do ensino fundamental. Na minha opinião, algumas crianças podem estar preparadas para serem alfabetizadas antes dos seis anos. Mas essas crianças podem mais tarde apresentar problemas de compreensão de textos ou raciocínio matemático, ou podem não apresentar problema nenhum. A lei tem de ser para todos.

 

Consultoria: Betina Serson, psicopedagoga e autora do livro “Seja o heroi dos seus filhos”.

 

Tags: ,

Mais lidas