Como superar os traumas do passado

Os ex-BBBs Dhomini, Bambam, Maroca, Fani, Eliéser, Yuri e Natália voltaram para o reality show na 13ª edição e conquistaram uma segunda chance de ganhar o jogo. A dúvida que surge nesse momento é: o que eles podem fazer dessa vez para conquistar o público?

 

Yuri e Fani

Foto: TV Globo/João Cotta

Para responder a essa pergunta, o Papo Feminino conversou com o psicólogo Alexandre Bez, que explica como uma pessoa pode mudar sua imagem e encarar uma segunda chance em sua vida. Confira:

Mude sua imagem!

Veja 10 dicas do especialista para não cometer o mesmo erro duas vezes:

– Não desperdice novamente sua chance, pode ser a última de mudar a sua imagem.

– Aprenda com os erros do passado e não os repita.

– Mude as atitudes ocorridas no passado que tanto causavam atritos.

– Lembre-se, você já tem um estereótipo preestabelecido, portanto seja mais maduro.

– Para mostrar sua mudança em qual atitude for, aja com extrema naturalidade e não interprete.

– Dê o tempo necessário às pessoas a acreditarem em você. Como? Fazendo, e não falando.

– Execute as suas novas ações com gosto e prazer.

– Se você for do tipo exibicionista, aborte o comportamento.

– Seja simples em suas ações.

– Não converse muito sobre o passado, pode trazer más lembranças. Explore mais o momento atual e as suas perspectivas futuras.

Segunda chance

Segundo o psicólogo, para reconquistar as pessoas e mostrar que você mudou, são as suas atitudes que irão te ajudar. “As mudanças são percebidas nas atitudes e comportamentos, e não nas ações. A grande dica é proceder completamente diferente do que antes, executar ações totalmente diferentes das que eram praticadas. Não esqueça você já tem um agravante, um pré-conceito contra você, portanto não vacile”, aconselha.

Enfrentando traumas

O ex-BBB Bambam desistiu do reality show afirmando que não gostaria de viver na casa novamente. Muitas pessoas se traumatizam com uma situação e sentem medo de reviver um determinado momento do passado. Segundo o psicólogo, o único jeito de superar o trauma é se preparar para enfrentá-lo com a terapia: “Pode ser em qualquer linha de tratamento, seja psicanálise ou outra, a escolha é da pessoa, mas tem que ser feito o trabalho psicológico. Começando o processo de cura, a pessoa estará apta a enfrentar o trauma ou não, tudo dependerá dela e das condições que a obriguem a fazê-lo, seja por necessidade ou vontade. Se ela não quiser ter essa experiência novamente, a terapia tratará do trauma deixando-a livre de seus conflitos”.

O segredo da superação

Para enfrentar um problema sem sofrimento, é necessário ter muita paciência e força de vontade. “Em primeiro lugar, para querer superar, ter muita energia interna psicológica, determinação, gana e raça ajudam. Assim como também as estruturas psicomentais da pessoa, mas nenhum problema se vence sem o óbvio: ‘enfrentá-lo’”, pontua o psicólogo.

 

Consultoria: Alexandre Bez, psicólogo e escritor. Site: www.alexandrebez.com.br

Mais lidas