Como ser autoconfiante

Como ser autoconfiante

Foto: Thinkstock/Getty Images

Não ter autoconfiança é um problema comum hoje em dia: muitas pessoas se sentem intimidadas pelo mercado de trabalho competitivo, os compromissos e a pressão em ter que lidar com diversas situações complicadas ao mesmo tempo. A falta de autoconfiança pode se manifestar em sentimentos de incapacidade, dúvidas sobre si mesmo e descrédito nas próprias capacidades e habilidades. Veja dicas de como mandar a insegurança embora e melhorar a autoestima:

Atitudes iniciais

A psicóloga Silvana Martani recomenda algumas atividades para a pessoa insegura desenvolver mais confiança:

– Capacite-se profissionalmente

– Busque melhorar a aparência

– Cuide do seu corpo e de sua saúde

– Vá além dos desafios do dia, tente fazer mais do que o necessário

– Pratique esportes

– Saia mais com os amigos

– Faça programas fora da rotina

A falta de confiança pode fazer com que o indivíduo tenha medo de amar, de mudanças, da solidão e de assumir compromissos. Tentar reverter essas atitudes em pensamentos positivos é o primeiro passo para a superação.

Confiança abalada

Falhas no trabalho, desentendimentos com a pessoa amada, problemas familiares: são vários os motivos que podem deixar uma pessoa triste e desencorajada, causando uma frustração interior. Quem não tem autoconfiança sente grande dificuldade em enfrentar desafios, e cada fracasso reforça uma sensação de incompetência, trazendo sofrimento em dobro. “A confiança abalada é fruto de um processo de superação, em qualquer nível, malsucedido. O importante é saber o que está acontecendo e procurar ajuda”, aponta a psicóloga.

Buscando ajuda

O primeiro passo para ganhar ou recuperar a autoconfiança é buscar ajuda de pessoas queridas. “Os parentes e amigos devem orientar a pessoa a procurar ajuda especializada, pois esse é o caminho mais curto”, revela Silvana. As pessoas inseguras tendem a se apegar às pessoas mais próximas, criando uma dependência dos filhos, marido, amigos e colegas de trabalho. Portanto, a ajuda de entes queridos é de grande importância.

Mudar é preciso

Todo mundo conhece o velho ditado de que só é possível gostar dos outros gostando de si mesmo. Demonstrar confiança pode ajudar no mercado de trabalho, alcançando posições de prestígio. Para demonstrar confiança, a especialista aconselha: “A pessoa precisa demonstrar que é competente. Propaganda enganosa a nosso respeito é sempre malvista”.

 

Consultoria: Silvana Martani, psicóloga

Mais lidas