Como melhorar o diálogo no relacionamento

Um dos principais problemas nos relacionamentos é a falta de diálogo. Muitos casais se distanciam e esfriam a relação por não se sentirem livres ao conversar com o parceiro. Como reverter essa situação? A psicóloga Cecília Zylberstajn revela que a solução pode estar nos momentos de intimidade. Confira:

 

Mulher segurando buquê de flores

Foto: PureStockX/DIOMEDIA

A importância do diálogo

“O diálogo é a base do relacionamento. Ele não é apenas importante, é fundamental: não existe relacionamento sem comunicação”, revela a especialista. No entanto, muitos casais ainda sofrem com esse problema e não sabem como melhorar a relação. A psicóloga explica que os casais em crise podem consultar um terapeuta de casais: “Na terapia, o casal é estimulado a conversar, saber o que é mais importante na vida do outro”.

Como lidar com o problema

A rotina pode atrapalhar muito o casal, assim como a convivência diária pode esfriar o relacionamento. A psicóloga sugere que o casal busque novas alternativas para sanar o problema: “Muitas pessoas acham que chegar no parceiro e reclamar: ‘a gente não conversa‘ pode resolver a situação. Pode até dar certo, mas não é o mais indicado. O interessante é o homem ou a mulher propor momentos de lazer ao parceiro, uma programação só para os dois. Sair para jantar e ir ao cinema são boas dicas de programas que podem acrescentar intimidade. O importante é não ter distrações”.

Vida sexual ativa

Uma maneira de melhorar a comunicação no relacionamento é investir em uma vida sexual ativa. “Estudos mostram que um casal que esfria na cama, também esfria fora da cama. A relação sexual aumenta o diálogo e a intimidade, consequentemente melhorando o relacionamento. É uma questão de pensar mais em sexo e propor momentos especiais ao parceiro”, diz Cecília.

Problema sério

Não são somente os casais que sofrem com a falta de comunicação. “Hoje em dia isso não acontece só com os casais. As pessoas conversam menos, os pais não conversam com os filhos, enfim, as pessoas estão mais distantes. É um problema geral que deve ser resolvido”, aponta a especialista.

 

Casal deitado tomando uma taça de vinho

Foto: Ablestock/Keydisc

Consultoria:  Cecília Zylberstajn (Psicóloga pela PUC-SP, Psicodramatista e Psicoterapeuta de Adolescentes e Adultos)

Veja também:

Cinquenta Tons de Cinza e o fenômeno da literatura erótica
Como apimentar a relação
Terapia de casal: quando é hora de buscar ajuda?

Mais lidas