Como escolher a escola do seu filho

Na novela Carrossel, as crianças se divertem pra valer na escola Mundial e adoram a professora. Mas, na vida real, para que isso aconteça, os pais precisam passar por um dilema: como escolher a escola ideal para os filhos.

A cada ano, cresce o número de escolas e, com tantas opções, é comum os pais se sentirem inseguros na hora de escolher em qual escola matricular os filhos, principalmente nesta época do ano, por isso, aqui vão algumas dicas de como fazer essa escolha, que exige bastante planejamento.

 

Professora Susana e alunos de Carrossel

Foto: Divulgação/SBT

O primeiro passo

Para começar, procure visitar as escolas no período que você deseja que seu filho estude. Assim, você poderá ter uma noção do funcionamento da escola e da interação das crianças que convivem naquele horário.

Aproveite para conhecer a estrutura do colégio, se existem espaços para brincar e praticar atividades físicas, como são as salas de aula, a cantina, a segurança e a limpeza do local, por exemplo. Avalie também a localização da escola para facilitar o seu dia a dia.

Linha pedagógica

Antes da matrícula, os pais devem ficar atentos à linha pedagógica da escola, para que a mesma seja de acordo com o perfil do seu filho e da sua família. Procure conhecer a didática, o método de avaliação e a proposta pedagógica da instituição, assim como a quantidade de alunos por sala de aula e o número de professores para atendê-los. Se possível cheque também a formação dos professores, se possuem curso superior, preferencialmente pedagogia, e se têm especializações.

Avalie também quais atividades extra-curriculares são oferecidas e se elas estão de acordo com o que você espera para o seu filho. Conversar com mães que já possuem os filhos nesta escola também pode ajudar a esclarecer dúvidas, por isso, troque experiências!

Qual é a mais adequada?

Atualmente, existem várias linhas pedagógicas adotadas pelas escolas, como Construtivismo, Montessoriana, Waldorf e Freiriana. O ideal é se informar sobre cada método pedagógico e saber qual se assemelha ao perfil da criança e como esse método poderá contribuir para o desenvolvimento do aluno. Se for possível, escolha um colégio em que a criança entre na pré-escola e possa continuar seus estudos até o ensino médio.

Depois da matrícula

Feita a escolha, logo no início das aulas, comece a prestar atenção às reações do seu filho. Geralmente as crianças demonstram se estão satisfeitas ou não.

Observe como o seu filho se relaciona com a escola, professores e alunos, se está motivado a ir à escola, ou se aparenta resistência. Procure conversar sobre como foi o dia e mantenha-se atualizada sobre o cotidiano escolar da criança.

Se seu filho estiver feliz, motivado e interessado em aprender, é um sinal de que a escolha da escola foi boa. Mas, caso a criança esteja desanimada e com baixo rendimento escolar, o ideal é conversar com os professores e coordenadores pedagógicos ou, até mesmo, pensar em uma nova escola.

A hora de mudar

É importante sempre conhecer o motivo do descontentamento ou da queixa da criança para só depois ponderar qual é a melhor alternativa a ser tomada, devendo evitar a mudança constante de escola.

Caso a opção seja trocar de escola, é hora de começar a pesquisar outras instituições de ensino. O melhor período para isso é no segundo semestre, entre setembro e novembro. Assim, os pais terão tempo de escolher com calma a escola para o próximo ano letivo.

Consultoria: Assessoria Educacional Terceiro Passo

Tags: ,

Mais lidas