Bate-papo com Marcos Caruso

Entrevista com Marcos Caruso

Foto: Renato Rocha Miranda

 

Quando Marcos Caruso aparece na tevê, a risada é certa! Com o prefeito Patácio de Cordel Encantado é impossível não se divertir. Ao lado da atriz Zezé Polessa, o ator está dando um show de interpretação na novela das 6! E Marcos garante que está na torcida pelo final feliz entre o prefeito e Ternurinha! Confira mais detalhes deste sucesso de Cordel Encantado:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Guia da TV: Todos elogiam Cordel Encantado falando que é uma novela com uma proposta diferente de tudo o que estamos acostumados a assistir. A que você creditaria todo esse sucesso e as críticas positivas?

Marcos: Acho que o sucesso é a qualidade de um todo.  O figurino, a direção de arte, a trilha sonora, cenário, tudo é maravilhoso. As toalhas são de verdade e trazidas do Nordeste e costuradas aqui. A liberdade de criação, sem preocupação, é uma ousadia que se precisa ter para fugir do realismo de outras novelas. As autoras brincam com o imaginário popular, tem Rei, Rainha, comédia; tudo isso tira o telespectador do seu cotidiano. Acredito que o sucesso maior é o fato das autoras descobrirem uma veia até então não explorada.

 

Guia da TV: Patácio é um homem que não parece guardar rancor e ouve muito o que a sua mulher diz. Caso ele descubra o envolvimento dela com o cangaceiro, pode acontecer dele mudar seu jeito de ser? Como você acha que ele reagiria a esse choque?

Marcos: Acho que ele irá perdoar, até porque o Patácio é um personagem leve. A novela em si já diz ao que veio, é um cordel e aí vale tudo. O Patácio é um personagem de cordel, político de cordel, em que beira a tragédia, o melodrama, a fábula, sente rancor, depois raiva, emoção, em cordel você pode ter todos esses elementos.

 

Guia da TV: A atuação de Patácio como prefeito não tem levado Brogodó a prosperar. No futuro, você acredita que há chance de o povo perceber isso e lutar para que ele deixe o executivo da cidade?

Marcos: O Patácio não é um político que pensa no povo. Ele pensa em si mesmo. É um político que não é respeitado pelo povo e acredito que ele não vai fazer a cidade de Brogodó prosperar.

 

Guia da TV: Qual o desfecho para Patácio? Ele termina ao lado de Ternurinha?

Marcos: Acho que os dois vão ficar juntos e ele não vai perder o poder. Ele vão se perdoar porque se amam.

 

Guia da TV: Há pouco tempo a novela Ana Raio e Zé Trovão foi reprisada. Como foi escrever e atuar neste folhetim?

Marcos: A novela Ana Raio e Zé Trovão foi toda gravada em externa. Não teve nenhuma cena rodada em estúdio. Lá trabalhei como autor, ator e não sei como consegui conciliar tudo, escrever e, ao mesmo tempo, interpretar. Trabalhar com o Jayme (Monjardim) foi maravilhoso, uma parceira que deu certo. E foi ele que me incentivou a atuar na novela. Foi um trabalho delicioso de ser feito.

Mais lidas