Alimentos antienvelhecimento

Quem nunca sonhou com a juventude eterna? Infelizmente, ainda não inventaram uma fórmula mágica capaz de realizar esse sonho humano, porém, encontramos nos supermercados e feiras alimentos que são fontes de saúde, beleza e que podem prolongar a juventude do corpo. Saiba tudo sobre eles.

Alimentos antienvelhecimento

Foto: Thinkstock/Getty Images

O segredo está na alimentação

De acordo com a nutricionista Renata Bravo, existem alguns alimentos (os antioxidantes) que podem combater os radicais livres e retardar o envelhecimento. Os principais são os ricos em fibras, ômega 3, vitaminas A, C e E, cobre, selênio, zinco e bioflavonóides. A água também tem papel importante nesse processo, pois a desidratação contribui para a aceleração do processo de envelhecimento.

Como agem e onde encontrar

Fibras: verduras, frutas, legumes e grãos (como soja, linhaça, etc). São capazes de limpar e livrar o organismo de substâncias tóxicas, além de melhorar o funcionamento do intestino.
Ômega 3: peixes como salmão, atum, cavala e sardinha podem ser considerados uma boa fonte de ômega 3. Têm ação anti-inflamatória e protegem o coração (procure não consumi-los fritos). O ômega 3 pode ser encontrado também em sementes oleaginosas como a castanha-do-pará e a linhaça.
Vitaminas A, C e E: os alimentos que mais possuem propriedades antioxidantes são os que contêm vitaminas A, C e E. Essas vitaminas são encontradas na cenoura, tomate, frutas cítricas (limão, laranja, caju, goiaba, entre outras) e no azeite de oliva.

Crus ou no vapor

A maneira ideal de consumir esses alimentos, para melhor aproveitar seus benefícios e nutrientes, é in natura (cru) ou cozidos no vapor. Deve-se evitar ao máximo as
frituras.

O que são Radicais Livres e Antioxidantes?

Radicais livres: são moléculas que, em excesso, podem contribuir para o aparecimento de problemas como o envelhecimento precoce e o câncer. Além do próprio metabolismo, o cigarro, o álcool, o estresse e alimentos gordurosos são alguns dos fatores que podem gerar essas moléculas.

Antioxidantes: são substâncias capazes de se associar aos radicais livres e neutralizar seus efeitos nocivos no organismo. A alimentação adequada, rica em verduras, frutas e legumes são as grandes fontes de antioxidação natural.

Eles também ajudam

Cobre: frutos secos, legumes e soja.
Selênio: cereais integrais, levedo de cerveja, gérmen de trigo e produtos lácteos (derivados do leite).
Zinco: ovo, fígado e carne.
Bioflavonóides: frutas cítricas, cebola, maçã, brócolis, uva e repolho roxo.

Sucos naturais

• Bata, no liquidificador, 1 rodela de abacaxi, 5 morangos limpos e 3 folhas de hortelã até ficar homogêneo. Tome em seguida. Esse suco é rico em vitaminas A e C, além de bioflavonóides.

• Bata, no liquidificador, 1/2 cenoura e o suco de 2 laranjas até ficar homogêno. Coe e beba em seguida. É boa fonte de vitamina A e C, bioflavonóides e fibras.

• Junte 1 folha de couve, o suco puro de 2 laranjas e 1/2 maçã. Bata tudo no liquidificador. Poderosa fonte de vitaminas A, C e E, bioflavonóides e fibras.

• Coloque, no liquidificador, 1 banana, 1/4 de mamão papaia, 1 colher (sopa) de sementes de linhaça e 1 copo (250ml) leite de soja. Bata e tome em seguida. Contém vitaminas A e C, bioflavonóides, ômega 3 e fibras.

 

Alimentos antienvelhecimentoQuer saber mais sobre alimentação e saúde? Vena na revista Santo Remédio 5, que chega às bancas em 06/09.

Mais lidas