Tapetes e cortinas para decorar a casa

Avalie

Está em dúvidas de qual tapete ou cortina escolher para sua casa? Para te ajudar nessa empreitada, conversamos com o arquiteto Allan Feio, que ensina como utilizar esses acessórios para embelezar qualquer ambiente. Veja as dicas:

– “As cortinas e tapetes são itens indispensáveis na decoração. Qualquer ambiente fica muito mais charmoso e especial se decorado com esses elementos”, garante o arquiteto.

– Para ele, as cortinas “vestem” a casa e, por isso, é importante optar por modelos e tecidos que combinem com os móveis e objetos.

– A questão do comprimento da cortina é opcional: pode tocar o piso ou ir até a altura do peitoril da janela. Neste caso, ela deve ultrapassá-lo em 10cm.

– O especialista alerta que é melhor comprar tecidos mais baratos, mas em quantidade suficiente para fazer uma cortina encorpada, do que quantidade insuficiente de tecidos mais caros.

Os tapetes devem estar em harmonia com estilo e cores do ambiente, mas o gosto pessoal e a praticidade também devem ser considerados. “É preciso estar atenta ao tipo do piso: revestimentos mais neutros aceitam melhor os modelos estampados, enquanto que os pisos trabalhados pedem tapetes lisos”, alerta.

– Tapetes de um mesmo cômodo não precisam ser iguais, mas busque pelo menos uma unidade entre cores, texturas e estampas.

– Ambientes mais clássicos e sofisticados pedem tapetes mais requintados. Já nos ambientes contemporâneos, é possível usar os artesanais, os indianos ou até os de sisal.

– Os tapetes podem ser usados também para delimitar ambientes ou destacar móveis. Para separar a sala de estar da de jantar, por exemplo, o tamanho deve ser suficiente para acolher todos os móveis.

Consultoria

Allan Feio, arquiteto. Site allanfeioarquitetura.blogspot.com

Texto: Anaiza Selingardi e Isabela Zamboni

Mais lidas