Sofás e tapetes para quem tem animais de estimação

Sofás e tapetes para quem tem animais de estimação
Avaliação 2.5 - Votos 2

Quem tem animais de estimação sabe como é difícil conservar os móveis. Sofás, tapetes e até mesmo os pezinhos de mesas ou cadeiras são vítimas dos bichinhos, que adoram fazer bagunça. No entanto, existem alguns tipos de tecidos que são mais duráveis, fáceis de lavar e perfeitos para quem tem pets dentro de casa. O arquiteto Allan Feio e o decorador GuuhGreen dão dicas infalíveis para quem deseja adaptar a casa aos cães e gatos. Confira:

Tipos de tecidos indicados

Segundo Allan, para evitar rasgos, arranhões e odores desagradáveis, o ideal é investir em tecidos de tramas fechadas ou impermeáveis. “Uma boa ideia é investir no couro, brim, sarja, vinil, chenile e lona. Evite móveis com tecidos como algodão, linho e seda”, explica. Se você prefere tecidos mais refinados, a dica é fazer uma capa resistente que pode ser retirada quando for receber visitas. “No caso do animal urinar no estofado, não causará estragos maiores. Pode-se ainda aplicar impermeabilizante nos tecidos para garantir maior durabilidade. Materiais mais lisos também são mais práticos e resistentes à escovação, feitos para retirar os pelos”, completa o arquiteto.

cachorro deitado no sofá

Thinkstock/Getty Images

GuuhGreen complementa que os tecidos de couro natural são os mais indicados, pois sua durabilidade é bem maior que a do couro sintético. “O couro pode ser lavado com mais frequência e com menos desgaste. Os tecidos em jeans ou brim também podem ser uma nova opção para quem tem animais, pois são bem resistentes e laváveis”.

Cuidando dos móveis

Os sofás são as principais vítimas dos cachorros, já que eles adoram roer os pezinhos dos móveis. “A melhor solução seria evitar móveis com pés de madeira, que são mais frágeis. Prefira os cromados, menos atraentes para os bichos. É possível ainda utilizar protetores de borracha, específicos para proteger os pés dos móveis”, conta Allan.

Como escolher o tapete ideal

Para GuuhGreen, quem tem animais de estimação pode sim ter tapete em casa, mas é sempre bom optar pelos de cor bege ou nude. “A maioria tende a escolher os tapetes de cores escuras, porém, quando o animal troca a pelagem, seus pelos aparecem com mais frequência em cores escuras”, diz o decorador.

Allan, no entanto, conta que o ideal seria eliminar os tapetes dos ambientes, já que os animais – principalmente gatos – adoram arranhar e afiar as unhas nestes locais, além de transformá-los em banheiro. “Se não for possível eliminar os tapetes, evite materiais que desfiem com facilidade. Os tapetes mais indicados são os laváveis ou fabricados com materiais sintéticos, como o sisal e o polipropileno”.

cachorro e gato deitados

Shutterstock Images

Invista no bem-estar do animal

Além das famosas capas para sofás, uma maneira de desviar a atenção dos pets é investir na casinha deles. O bichinho precisa de um cantinho com cama, comida, água e o espaço para o banheiro. “Não é necessário criar um quarto só para eles. Reserve uma parte da área de serviço ou da varanda para uso do animal. Prepare o local para que eles encarem como seu canto privativo. Se tiver um gato, não se esqueça de comprar um arranhador. Para os cachorros, os brinquedos de morder são indispensáveis”, finaliza Allan.

Consultoria

Allan Feio – arquiteto – www.allanfeioarquitetura.blogspot.com
GuuhGreen – designer de interiores

Mais lidas