Salas de tv para curtir um cinema em casa

Avalie

Que tal uma sessão de cinema em casa hoje? Encontramos três projetos de home theater que fazem a resposta para esta pergunta ser quase sempre positiva. Eles trazem móveis elegantes, revestimentos aconchegantes e uma estrutura digna de cinema. Confira!

Projeto 1

Divulgação

Divulgação

Localizado na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro (RJ), este apartamento ganhou um cineminha de extremo bom gosto e elegância. Nos seus 20m², a arquiteta responsável pelo projeto, Leila Coutinho, fez de tudo para atender aos desejos dos donos do apartamento. “A ideia foi fazer um ambiente aconchegante, onde a família pudesse se reunir para conversar e se divertir”, lembra Leila.

Na janela, foi instalada uma cortina Blackout Duette da Orlean na cor branca com uma portie em voil preto. No chão, foi aplicado carpete da Avanti no tom cinza. As paredes receberam revestimento acústico em tecido bege com textura de estuque veneziano. O amplo sofá tem revestimento em suede na cor cinza.

Acústica
Moderna e clean, a decoração escolhida pela profissional tem materiais que aquecem o ambiente e o deixam ainda mais acolhedor. O carpete e os revestimentos acústicos que reverberam o som são os grandes responsáveis pelo conforto sonoro e visual da sala.

Pontos de luz
A iluminação geral tomou partido da tecnologia, que faz a luz ficar difusa e menos ofuscante, oferecida pela empresa Hunter Douglas. “Atrás do painel acústico, utilizamos uma fita de led para fazer um detalhe de iluminação indireta. Assim como na primeira prateleira da estante”, detalha Leila.

2 em 1
Neste projeto, adotou-se uma TV e um projetor por motivos bem pertinentes. “A TV é mais cômoda para o dia a dia e a manutenção da lâmpada do projetor tem um valor muito alto, por isso, a ideia é usar o projetor só em momentos em que quisessem um ambiente de cinema”, explica.

Tecnologia
Para conquistar uma verdadeira sala de cinema, Leila instalou uma tela para projeção (que está embutida), um projetor de alta qualidade e um equipamento de home theater. “Além disso, automatizamos tudo através do sistema do nosso fornecedor Vigolucci, que nos permite controlar tudo pelo Ipad”.

Projeto 2

Divulgação

Divulgação

Já este apartamento, no condomínio carioca Atmosfhera Península, ganhou uma sala de TV um pouco menos tecnológica que a primeira, mas tão acolhedora quanto. Com apenas 12m², ela ficou integrada à sala e recebeu uma decoração moderna com toques clássicos.

Personalidade
Este projeto também é de responsabilidade da arquiteta Leila Coutinho, que teve a tarefa de criar um espaço que refletisse a paixão dos moradores pela sétima arte. “Para isso, usamos tons mais escuros no painel de laca chocolate e colocamos adornos e figuras na parede que remetem ao cinema”, comenta.

O piso é de tabua corrida da Parquet Nobre, com tapete de 30mm de espessura para ajudar na acústica. No centro da sala, foi instalado um plafon para uma iluminação central mais difusa.

Projeto 3

Divulgação

Divulgação

Para realçar os detalhes desta sala de TV, a arquiteta Luciana Damasceno, responsável pelo projeto deste apartamento no Tatuapé, em São Paulo (SP), instalou algumas lâmpadas dicroicas no forro de gesso deste ambiente. Ao lado da decoradora Cláudia Damasceno, ela criou um projeto de iluminação essencial para tornar o espaço mais aconchegante e prático.

Para o chão, foi escolhido o piso nanoglass, que é resistente e cristalino. Para a parede atrás da TV, um papel de parede da loja Wallcovering. Para o conforto dos moradores, as cortinas e a iluminação da sala foram automatizadas pela empresa SMS.

Divulgação

Divulgação

Texto Thaís Luquesi/Colaboradora

Mais lidas