Saiba escolher a TV ideal para curtir a Copa do Mundo

Avalie

2014 está chegando, portanto é hora de começar a se preparar para a Copa do Mundo, o evento mais esperado e comentado do momento.

Apesar de o início dos jogos ser apenas em junho, o comecinho do ano é a melhor época para começar a se preparar para conferir as partidas na televisão. Se você deseja assistir tanto a Copa do Mundo quanto outros programas com imagens de qualidade, é hora de investir em um aparelho que atenda às suas expectativas. Afinal, quem não adora curtir um bom entretenimento com boa imagem e um som excepcional?

Para te ajudar a escolher a TV ideal para curtir a Copa, fizemos um guia explicando quais os principais tipos de televisores existentes no mercado. Confira!

Thinkstock/Getty Images

Thinkstock/Getty Images

Diferenças entre os tipos de televisão

TV de plasma

As TVs de plasma foram os primeiros aparelhos a oferecer o formato widescreen (16:9), ou seja, uma tela de grande proporção que assemelha-se ao cinema.

São ótimas para assistir DVDs, blu-rays ou transmissões digitais. Hoje, são mais indicadas para locais como a sala, onde é possível controlar a luminosidade. Seu brilho é um pouco menor, mas o contraste da imagem é melhor do que o LCD. Também são menos duráveis: com o passar dos anos, é possível encontrar manchas no plasma.

Preço médio: A partir de R$ 1.224,00

TV de LCD

Os televisores de LCD (tela de cristal líquido) funcionam com luz fria, o que não prejudica a visão humana, como os antigos televisores “de tubo”. Seu preço é inferior aos outros tipos de televisão, pois sua tela não é recomendada para locais muito escuros, apesar de oferecer bastante brilho. Os modelos de 32 polegadas são os mais vendidos, mas é possível encontrar modelos de mais de 50 polegadas.

Vale ressaltar que esse tipo de televisor só mostrará uma imagem em alta definição quando a transmissão também seguir esse padrão. Com a antena analógica, por exemplo, a qualidade da imagem continuirá ruim e com pontos “embaçados” na tela.

Os televisores de LCD são até 30% mais finos do que os modelos de tubo, assim como seu peso. Contudo, a qualidade das cores, o contraste e outros aspectos são bem inferiores aos modelos de LED, uma tecnologia mais avançada.

Preço médio: A partir de R$800,00

TV de LED

As TVs de LED são, na verdade, um tipo de LCD. A diferença é que a iluminação traseira conta com luzes de LED (diodos emissores de luz), enquanto os paineis são de cristal líquido. Esse tipo de aparelho oferece muito mais brilho, melhor resolução da imagem, cores vibrantes, consomem menos energia, são mais leves e duráveis. No entanto, seu preço é um pouco mais salgado do que uma televisão de LCD.

Existem dois tipos de televisão de LED: as que são iluminadas pelas bordas, isto é, a luz é projetada para o centro da tela e os LEDs são fixados nos lados do aparelho; e as TVs com escurecimento local, na qual as luzes de LED ocupam a tela inteira.

Elas também contam com tecnologias mais atuais, como Full HD e 3D. Dica: 3D, Full HD, TV digital e smart TV não dependem do tipo da tela, são apenas diferentes funções atribuídas aos aparelhos.

Preço médio: A partir de R$860,00

TV de OLED

A OLED é a tecnologia mais recente para televisores, portanto mais difícil de ser encontrada. Ainda existem poucos modelos disponíveis no mercado e os preços são muito superiores aos outros tipos de televisão.

Na tela de OLED, ao contrário da tecnologia de LED, cada ponto que compõe a imagem produz uma luz própria, sem necessidade de uma luz traseira. Isso faz com que o consumo de energia seja menor e a tela, consequentemente, seja mais fina. Não importa qual é o seu ângulo de visão – a tela dificilmente mostrará reflexos. A imagem oferece contrastes bem marcantes, cores fortes e imagens em altíssima qualidade.

Preço médio: R$40.000,00

Dicas para escolher a melhor TV

– Existem inúmeras diferenças entre os televisores. Portanto, é sempre bom perguntar na loja todos os detalhes antes de adquirir o seu. Fatores como ângulo de visão, tempo de resposta, entradas e saídas de vídeo, entre outros detalhes, devem ser analisados com cautela.

– Alguns aparelhos são bem caros e mesmo assim, podem não agradar o seu gosto. Nem sempre o mais caro é o melhor para a sua situação. Lembre-se de avaliar aquilo que você mais preza em uma televisão: é o tamanho da tela? O contraste da imagem? O brilho? Sempre analise o seu gosto pessoal antes de qualquer compra.

– Sempre escolha sua TV pensando em onde você irá colocá-la. Uma tela de LCD, por exemplo, se adapta melhor a ambientes como o quarto. Já a TV de plasma é melhor na sala, pois você pode controlar a luz.

– Não adianta nada você ter uma super TV na sala se ela ficar muito próxima do sofá ou se estiver em um ambiente minúsculo e desfavorável. Portanto, fique sempre atento aos ângulos de visão – a melhor imagem possível só é vista se você estiver nesse ângulo. Fora dele, você enxerga distorções no brilho e nas cores da imagem, por exemplo. 165 graus é um valor aceitável, mas o ideal é que sejam de 175 a 180 graus.

Mais lidas