Raças de cachorro que se adaptam melhor a apartamentos

Avalie

Morar em apartamento e ter um cãozinho de estimação pode não ser nada fácil. Alguns condomínios, inclusive, tentam proibir a entrada de cachorros. Muitos latidos, pêlos nos corredores, estas são algumas das reclamações comuns dos vizinhos. Para os bichinhos também não é nada fácil se adaptar a lugares pequenos e sem espaço para correr e brincar.

Se você não abre mão da companhia de um cachorro mesmo em locais apertados é bom ficar atento para não maltratar o bichinho e nem criar problemas com o vizinho. A dica da empresária Luciana Farah, dona do Mania de Cão na cidade de Bauru (SP), é escolher a raça certa e que se adapte bem à vida no apartamento. “O Kennel Club Brasil elaborou uma lista com as raças que se adaptam melhor dentro de apartamentos. Contando que, além de serem pequenas, podem ficar com a tosa curta e não têm o hábito de latir”, explica Luciana.

A vez dos pequenos

Quando o cachorro é de grande porte a tarefa de mantê-los em pequenos espaços fica praticamente impossível. Eles podem ficar estressados e até doentes, vão precisar de muito mais tempo dos donos e de vários passeios durante o dia. “A maioria das raças grandes serve para a caça, guarda ou trabalho. E na inexistência de condições que satisfaçam os instintos caninos de farejar, cavar, correr e estar ocupado a maior parte do tempo, certamente ocorrerá a destruição do seu apartamento”, explica Luciana.

Veja quais raças se adaptam melhor a pequenos espaços:

Texto Kelli Franco 

 

Mais lidas