Quarto de casal elegante e atemporal

Avalie

Cores suaves, estampas discretas e acabamentos nobres compõem a fórmula do quarto clássico, mas com uma pitada romântica. Tudo sem exageros. Afinal, o que é demais cansa e pode pesar, especialmente em ambientes pequenos, como este dormitório de casal, de 12m², assinado pela designer de interiores Gisele Fernandes.

Divulgação

Divulgação

Fiel ao estilo

Chamada para reformar o espaço, a profissional seguiu à risca o desejo dos moradores: manter, e até valorizar, as características clássicas para criar uma atmosfera romântica. “Na reforma dos armários, os puxadores foram trocados por outros de cristal, as portas foram espelhadas e a madeira, laqueada em branco”, explica a designer. Como são dois armários, um de frente para o outro, a solução de revesti-los com espelhos foi a mais acertada, já que traz profundidade, além de amplitude.

Cabeceira em destaque

As paredes do quarto foram forradas com papel, revestimento que traz aconchego. Apenas a da cabeceira ganhou um azul-acinzentado, com estampa delicada que mistura arabesco e floral, e o restante ficou neutro, em palha. “A mescla do branco, azul e palha dá sensação de paz e tranquilidade, como deve ser um local de descanso”, acrescenta. E a cama, desenhada por Gisele, tem cabeceira estofada em couro ecológico e moldura em laca: elegante e confortável.

Divulgação

Divulgação

Tons coordenados

O painel da TV tem linhas retas, é clean e discreto. Já a cortina, de organza branca, tem xales azul-cinza, igual ao papel da cabeceira e às almofadas de cetim. No centro, sobre a cama, não poderia faltar um tradicional símbolo clássico: o imponente lustre com pingentes de cristal.

Gisele aproveitou algumas estruturas na reforma, como os armários e as molduras do teto.

Divulgação

Divulgação

O papel de parede, delicado, destaca a cabeceira branca da cama.

O lustre coroa o projeto, numa versão modernizada pela cúpula de voal.

Mais lidas