Quarto de bebê de apenas 9m2

Avalie

A gravidez é um momento único na vida de qualquer mulher. Depois de descoberto o sexo da criança, a única coisa que passa pela cabeça de uma nova mãe é como será o quartinho de seu bebê, de que cores serão pintadas as paredes, que bichinhos povoarão as prateleiras, as fotos na parede… É um sonho maravilhoso de se realizar e você tem todo o direito de passar horas pesquisando modelos de berços, móbiles, trocadores… Mas tenha em mente três palavras: conforto, tranquilidade e praticidade. Dessa maneira, você poderá curtir todas as maravilhas da maternidade da melhor maneira possível.

quarto de bebê

Divulgação

A opção por luz indireta é uma saída que deixa o ambiente ainda mais aconchegante e tranquilo para a mãe e o bebê.

O sofá é um toque de aconchego para a mamãe se acomodar enquanto amamenta o bebê. Ou até mesmo para alguém se sentar durante uma visita.

Na parede

quarto de bebê

Divulgação

A cromoterapia é extremamente funcional para quartos de bebê. Cores fortes podem atrapalhar o sono e deixar seu filho agitado. Escolha tons suaves, como verde, azul e lilás. Uma ótima opção é fazer faixas de cores em uma parede oposta ao berço ou dividir as paredes do quarto, como fizeram as arquitetas Fabiana Visacro e Laura Santos, deixando a parte inferior da parede em branco e a de cima, em verde-claro.

Móvel multiuso

quarto de bebê

Divulgação

As arquitetas projetaram essa cômoda anexada ao trocador, assim, ela poderá ser utilizada com o passar do tempo mesmo quando o bebê crescer e não precisar mais desse espaço. Organizados em um único canto do quarto, não atrapalham a circulação e nem ocupam espaço.

Projeto: Fabiana Visacro e Laura Santos, de Belo Horizonte (BH)

Texto Bianca Camargo

Mais lidas