Quarto de bebê azul para menina

Avalie

Quando se pensa em quarto de bebê para menina, logo nos vem à mente os tradicionais tons de rosa, lilás, pink e até os mais ousados, como roxo e vermelho. Tem quem queira sair do convencional, apostando numa paleta unissex, que inclui o verde-alface, passa pelo bege e chega ao amarelo, sempre misturado com branco. Agora, quarto de menina azul é para quem quer mesmo ser original.

Desejo da mãe!

Quarto de bebê azul para menina

Foto: Divulgação

O desafio foi lançado às arquitetas Alessandra Amaral e Bianca Assuf, do escritório BEA Arquitetura, do Rio de Janeiro. Quando a mãe da pequena Giulia as procurou, conversaram logo de início sobre qual era a sua cor favorita. E ela disparou: “Azul”! Em seguida, a própria mamãe ficou cheia de dúvidas se deveria mesmo fazer o quarto da sua bebê, que estava para chegar, na cor oficial dos garotos. Mas a dupla de arquitetas adorou a ideia e propôs o tom para toda a decoração.

+Leia também: móbiles para o quarto do bebê

Quarto de bebê azul para menina

Foto: Divulgação

Flores e poás

A questão seria apenas como deixar bem claro que ali é o quarto de uma princesinha. “Apesar de ser a sua cor preferida, a mãe da Giulia teve receio de que o quarto ficasse masculino e de que fosse receber críticas. Mas, depois, com muita conversa, conseguimos mostrar que não havia motivo para preocupação. Ao contrário, demos garantia de que ela receberia, sim, elogios!”, conta Alessandra. No cômodo de 10m², o azul de fato predomina, mas também aparece de forma muito delicada nos tecidos de estampas miúdas.

+Leia também: quarto de bebê planejado e multiuso

Quarto de bebê azul para menina

Foto: Divulgação

Os poás revestem apenas de um lado o biombo usado para criar um hall de entrada e deixar o bercinho resguardado.

Detalhes de menina

O floridinho liberty e os poás brancos foram empregados no enxoval do berço, em pufes, no trocador e no forro de cestas de fibras naturais. Nas paredes, há ainda uma moldura branca seguida de placas de gesso acartonado em azul, na área do berço. Para o piso, apenas o tradicional vinil branco, uma opção prática, já que é de fácil higiene e ainda amortece os primeiros tombinhos do bebê.

Quarto de bebê azul para menina

Foto: Divulgação

Solução de efeito

No mobiliário, a estante foi a que mereceu maior cuidado. Ela já existia no local e, no apartamento alugado, poderia ser apenas adaptada às necessidades da Giulia. Assim, as roupinhas da menina foram colocadas nas extremidades do móvel, fechadas por cortininhas, fazendo as vezes de armário.

Quarto de bebê azul para menina

Foto: Divulgação

E, no cantinho de amamentação, perto da janela, o pendente bolinha garante a luz ideal, dispensando um abajur sobre a mesa de apoio, que ficou liberada para acomodar chupetas, um copo d´água e tudo mais que a mamãe precisa ter à mão ao dar de mamar.

Quarto de bebê azul para menina

Foto: Divulgação

O floridinho liberty ainda marca presença na faixa de parede próxima ao teto e, como uma continuação, também no forro do cortineiro.

+Leia também: quarto de bebê branco e dourado

Quarto de bebê azul para menina

Foto: Divulgação

Texto Yara Guerchenzon/Colaboradora

Mais lidas