Materiais que copiam as pastilhas na decoração

Avalie

As pastilhas são sempre uma boa opção, principalmente para banheiros e cozinhas. No entanto, seu preço pode ser um pouco alto, dependendo do espaço que será revestido com esse material. Porém, você pode encontrar alternativas para as pastilhas, que podem trazer um efeito parecido e saem bem mais em conta. Veja dicas da arquiteta Cynthia Guazzelli e conheça outras alternativas para decorar sua casa.

Materiais parecidos com as pastilhas

Segundo a arquiteta, existem azulejos que são peças de aproximadamente 30×30 que copiam o efeito das pastilhas. “Porém, o acabamento delas não é 100% e fica aparente que não são pastilhas devido ao rejunte entre as peças”, afirma.

No entanto, Cynthia ainda acrescenta que existem linhas de pastilhas cerâmicas de tamanhos pequenos que podem trazer efeito semelhante. “As pastilhas até 10×10 cm dão efeito semelhante e tem o custo bem menor. Inclusive existem de marcas boas e conceituadas no mercado”, pontua.

Flickr/ALPISA - Alto Padrão Imóveis S.A.

Flickr/ALPISA – Alto Padrão Imóveis S.A.

A variedade de formatos, cores e materiais, como vidro, cerâmica, porcelana e até mesmo bambu, é grande, assim como os preços. Os modelos autocolantes e placas cerâmicas, que imitam as pastilhas, também têm preços bem variados. Antes de começar a reforma, lembre-se de pesquisar bastante e colocar o material que agrada tanto aos olhos quanto os bolsos.

Vantagens das pastilhas

Mas se você prefere investir nas pastilhas, elas vieram com tudo há algum tempo e continuam sendo utilizadas, por serem coloridas e existirem várias opções diferentes.
“Elas são boas para montar mosaicos com vários tons, pois tornam o ambiente mais alegre. Podem ser utilizadas tanto na parede como no piso – modelos específicos para piso – e ficam lindas. As pastilhas vão bem em varandas, cozinhas, terraços gourmet, banheiros e lavabos“, conta a arquiteta.

Utilize pastilhas sem gastar muito

Para não ultrapassar o orçamento, é possível fazer detalhes com pastilhas e no restante utilizar azulejos mais simples ou tinta epoxi. “Bastam alguns desenhos criativos, faixas ou incerts no própria cerâmica para deixar o ambiente diferenciado”, diz a especialista.

Outros materiais para banheiros e cozinhas

Além das pastilhas e dos outros materiais já citados, Cynthia indica ainda a utilização de porcelanatos, cerâmicas, tinta epoxi, madeira e até piso vinílico. “Já utilizei porcelanatos como revestimento de parede para cozinha. Mas em banheiros não é recomendado, devido ao vapor”, explica.

Consultoria
Cynthia Guazzelli
arquiteta e urbanista
studi8tto

Mais lidas