Lavanderias pequenas e charmosas

Avalie

Quem nunca passou por uma situação constrangedora ao receber amigos ou parentes em casa com a roupa toda estendida no varal? A lavanderia nunca foi um espaço muito aconchegante ou que merecia ser mostrado. Mas é possível fazer uma mudança geral neste ambiente da casa e deixar o cantinho da máquina de lavar mais bonito e organizado.

Para que a organização funcione é preciso que todos os objetos e utensílios estejam em seus devidos lugares e que o ambiente não fique com cara de depósito.

Ideias simples e que podem mudar o espaço completamente

A arquiteta paulista Rita Müller de Almeida conseguiu uma transformação nesta lavanderia. De forma compacta, organizou tudo e deixou as coisas mais fáceis para a família que, neste caso, não quis muitos objetos decorativos para valorizar o jardim externo.

Rita Müller de Almeida/Divulgação

Rita Müller de Almeida/Divulgação

Para melhorar a funcionalidade de uma lavanderia é muito importante criar uma bancada contínua, na qual inserimos um ou dois tanques de inox que funcionam como cubas. “Não devem ser usados os antigos tanques de louça, porque desperdiçam espaço sob eles”, ressalta a arquiteta.

Para encaixar as máquinas de lavar e secar roupa sob o tampo elas tem que ter abertura frontal. Nas lavanderias mais largas é indicado usar dois tampos paralelos. Um deles é usado para lavagem das roupas, o outro para passá-las. Outro toque importante da arquiteta é colocar um suporte para cabides no qual são penduradas as roupas já passadas. Isso facilita no transporte para o quarto e evita os amassados pós-lavagem.

“Tem mais um aspecto relevante. A lavanderia pode também servir de apoio à cozinha, armazenando, por exemplo, algum estoque de alimentos que não caiba na cozinha, assim você dá mais utilidade à ela”, revela Rita.

Economize!

Qualquer objeto serve para dar uma graça na lavanderia: quadros, cestos coloridos para roupas, etc. Um conselho bacana é pintar velhos azulejos com tinta especiais para azulejos. Dá uma boa melhorada no visual com gasto mínimo.

Menos careta e mais bonito

Os arquitetos Gabriel Magalhães e Luiz Cláudio Souza mostram neste projeto que é possível fugir dos tradicionais padrões das lavanderias urbanas comuns dos apartamentos e deixar o espaço mais alegre e lúdico para um casal com filhos pequenos.

Vale destacar a bancada, com 2.25 m x 80 m e executada na obra, feita em concreto armado. “Optamos por ela a fim de ter um espaço de trabalho grande o suficiente capaz de abrigar dois tanques de embutir, e desse abrigo para a máquina de secar, que a cliente já tinha e queria aproveitar no novo apartamento”, contam os arquitetos. Além disso, as pastilhas de vidro amarelas para revestir deram um charme especial.

Marcelo Magnani / Divulgação

Marcelo Magnani / Divulgação

Como a lavanderia é um ambiente estritamente funcional, o ideal é setorizar os espaços por uso, deixando espaço de lavar e secar roupa, espaço de armazenagem de material de limpeza, e local para passar e guarda roupa suja. Armários, bancadas, cestos e prateleiras são ótimos auxílios para esse tipo de organização. “A dica mais eficiente é tentar manter o espaço o mais organizado possível. O uso de cestos charmosos ou baldes coloridos podem dar um charme a mais no ambiente”, explicam.

Sobre as máquinas de lavar, embora não sejam os modelos mais bonitos, as máquinas cuja tampa de abertura é superior costumam ser mais práticas e econômicas porque permitem os acréscimos de peças de roupa quando já estão no processo de lavagem.

Tags:

Mais lidas