A força do verde-esmeralda na decoração

Avalie

O verde-esmeralda é uma cor charmosa que nunca sai de moda. Arquitetos e designers de interiores preparam projetos com essa inspiração que pode trazer muito mais que beleza para dentro de casa. Além de marcante, esta tonalidade de verde ainda está ligada à paz e à sensação de bem-estar. Veja dicas de como usar o verde-esmeralda e confira belos projetos com um toque da cor. Confira!

Projeto 1: Adriana Fontana, São Paulo – SP

verde esmeralda na decoração

Fotos: Daniel Mansur/Divulgação

A arquiteta paulista Adriana Fontana já se entregou ao charme dessa cor. Neste projeto, ela optou por usar o verde-esmeralda em uma parede do ambiente, mas o toque especial do projeto é dado pela combinação da cor com o cobogó – que voltou com tudo para dentro das casas. A combinação, além de linda, dá leveza e um charme diferenciado ao ambiente.

O que é cobogó? Elemento vazado feito em cimento que evita o superaquecimento do ambiente, possibilitando a passagem de luz e ventilação.

Projeto 2: Flávia Soares, Belo Horizonte – MG

verde esmeralda na decoração

Foto: Flávia Soares/Divulgação

Clássico e discreto: assim é este hall projetado pela arquiteta Flávia Soares. O grande destaque do ambiente é o verde- esmeralda presente no papel de parede que possui também motivo floral e toques de bronze, e no vaso de cerâmica que fica em evidência no espaço graças ao tóten de mármore branco nacional desenhado pela profissional (que você pode substituir por uma peça branca de MDF, por exemplo).

O verde-esmeralda é uma mistura, por igual, entre o amarelo e o azul. Por isso, a cor da vez tem o equilíbrio energético perfeito entre o quente (amarelo) e frio (azul). “Esta estrutura torna esta cor revigorante e equilibrada”, segundo a professora Mônica Queiroz, da Universidade Federal de Juiz de Fora, MG.

Para as designers de interiores, Laura Santos e Fabiana Visacro, o verde-esmeralda é o símbolo da esperança e crescimento, principalmente por estar associada à natureza. “Essa cor é calmante e alivia a tensão. Assim, ajuda nos casos de irritação, insônia e esgotamento, transmitindo uma sensação de paz e bem-estar”, ressaltam.

Dentro de casa

As possibilidades para a utilização do verde dentro de casa são muitas. É uma cor democrática e fácil de combinar. Fica bem em estampas e em superfícies lisas, serve para descontrair e também para deixar o espaço mais sofisticado. Segundo as designers de interiores Laura Santos e Fabiana Visacro, se usadas em tonalidades secas e aveludadas – excluindo, portanto, as tonalidades brilhantes – é uma cor muito versátil.

“Para criar ambientes mais clássicos, a combinação com tons neutros, como preto e nude, traz sofisticação. Para os mais modernos, a mistura com cores fortes como azul, rosa, laranja, amarelo ou vermelho é a grande aposta”, garantem as designers.

Texto Kelli Franco

Tags: ,

Mais lidas