Dicas de como pendurar quadros nas paredes

Avalie

Antes de pendurar quadros nas paredes para decorar sua casa, é necessário levar alguns detalhes em consideração. De acordo com o arquiteto Allan Feio, pinturas, gravuras ou imagens podem ser o diferencial para compor um ambiente.

“A regra básica é pendurar os quadros na altura dos olhos. Metricamente, se ele estiver acima de um móvel, a distância do quadro para o móvel deve ser 30cm”.

O especialista também afirma que não é só com pinturas e telas que as paredes podem ser decoradas. Cartazes e pôsteres também são uma ótima escolha. Eles proporcionam charme e descontração ao ambiente.

Dicas importantes

– Opte por um único estilo de imagem para um mesmo ambiente. Fotografias artísticas, por exemplo, são uma boa opção. As molduras não precisam ser todas iguais, nem do mesmo tamanho, mas precisam ter certa afinidade.

– Em paredes lisas, opte por uma única tela no centro ou por uma sequência de quadros menores e alinhados. Quadros na posição horizontal decoram melhor os quartos, usualmente colocados 20cm acima da cama. Já para o banheiro, a regra é que o material utilizado seja resistente à umidade.

– Uma sequência de quadros com o mesmo tema é interessante para decorar a cabeceira da cama. A cor da parede pede imagens e molduras sóbrias.

– Quadros de diversos tamanhos podem compor com outros elementos, como um relógio antigo.

Cuidado com a parede!

Se você mora em um imóvel alugado e não quer colocar pregos nas paredes, uma boa dica é utilizar pequenas fitas adesivas. É possível encontrá-las em vários tamanhos em supermercados ou lojas especializadas.Algumas chegam a suportar o peso de até 1kg. No caso de estantes ou quadros muito pesados, elas não são muito resistentes, porém podem ser utilizadas para outros propósitos. E o melhor de tudo é que essas fitas são baratinhas e podem ser facilmente retiradas, sem estragar a pintura da parede.

Consultoria

Allan Feio, arquiteto. Site allanfeioarquitetura.blogspot.com

Texto: Isabela Zamboni e Anaiza Selingardi

Tags:

Mais lidas