Decoração com sentimento

Avalie

Alegria, alegria

Decoração com sentimento

Flores, borboletas e pinturas infantis que lembram dias de lazer na praia. Esses são apenas alguns dos elementos que fazem deste quarto, idealizado para uma pré-adolescente, uma ode à felicidade. “Rosa e lilás foram a base da decoração. O mobiliário, da Todeschini, foi feito propositalmente em MDF branco para neutralizar essas cores”, conta o arquiteto Geraldo Segreto, que idealizou o ambiente para a loja da Todeschini em Niterói (RJ).

Decoração com sentimento

As flores são de estrutura metálica e foram pintadas de rosa. Por não ter muito volume, a cortina de miçangas proporciona leveza ao quarto.

Romantismo

Para agradar a proprietária deste apartamento em São Paulo (SP), que é admiradora da cor lilás, as designers de interiores Ivone Dias e Cristina Mussi criaram um ambiente no qual o clima de romance está presente em todos os detalhes. “Queríamos um quarto suave, por isso, escolhemos um papel de parede com detalhes em flores roxas”, relembra Ivone. O criado-mudo e a cômoda em madeira branca reforçam o clima de suavidade.

Decoração com sentimento

O lilás traz um ar feminino ao ambiente. Para equilibrar a cor, foram utilizados tons de branco e cinza nos móveis. A poltrona swan na cor berinjela completa o ambiente.

Decoração com sentimento

Energia

Entrar em um ambiente que transmita a sensação de boas energias é capaz de recarregar suas baterias para o resto da semana. Você pode criar um espaço assim na sua casa apenas lançando mão de um pouco de criatividade. No projeto da arquiteta Roberta Moura, do Rio de Janeiro (RJ), o banheiro de menos de 3m2 ganhou ares de santuário: foram utilizados cortina em linho azul, bancada em marmoglass, espelho veneziano e arandelas herdadas da família da moradora.

Decoração com sentimento

Para valorizar os detalhes da decoração foi escolhida a cor cinza para a parede (Suvinil D163).

Nostalgia

Decoração com sentimento

Quem não gostaria de voltar ao passado para reviver um momento especial? Ninguém sabe o motivo, mas o fato é que o passado está intimamente ligado à sensação de conforto. E foi justamente para transmitir uma atmosfera de aconchego que a arquiteta Fernanda Marques, do Sistema de Decoração Facilitada (SD), desenvolveu um quarto de hóspedes com uma pitada vintage.

O relógio de piso da Lustreco, a cabeceira da cama em freijó e o quadro “São Paulo Antigo”, da Fastframe, compõem o ambiente que remete às boas memórias.

Texto Leonardo Valle
Fotos Assessorando Comunicação
Foto Paulo Mercadante

Mais lidas