Cubas e pias para o banheiro

Avalie

A decoração de banheiros está cada dia mais moderna e inovadora, e boa parte desse avanço é graças às pias e cubas. Em diferentes materiais e tamanhos, elas podem transformar o ambiente e deixá-lo mais agradável. Veja dicas da designer de interiores Denise Alonge e saiba como as pias e cubas podem deixar seu banheiro mais charmoso!

Vantagens das cubas

Segundo a especialista, a principal vantagem que as cubas oferecem está nas particularidades que ela vai trazer ao ambiente.

“Elas possuem características que variam do tradicional ao moderno e são utilizados muitos materiais e formatos para a sua construção”, explica. “Outra vantagem é a versatilidade de criar bancadas mais alongadas, com móvel por baixo, e ainda permitir o uso de diferentes tipos de torneiras, como bica alta, que também se tornam atrativas dentro do espaço criado”, completa Denise.

Já as pias com colunas são ótimas para espaços mais compactos, pois dispensam o gabinete e seu tamanho é suficiente para dar conforto ao usuário.

Cubas mais utilizadas

Denise conta que as cubas mais utilizadas são as que remetem ao formato elíptico de apoio, graças a herança dos anos 70 e 80. “Também as cubas de formas quadradas e redondas são muito usadas em espaços mais minimalistas”, explica.

Ela ainda afirma que há diferentes tipos de cubas, cujas mudanças podem ser significativas para a escolha e adaptação nos espaços. Veja as principais diferenças:

– Cubas de apoio são instaladas em cima da bancada;
– Cubas de sobrepor ficam embutidas na bancada, mas suas bordas ficam aparentes, acima do tampo;
– As cubas de embutir ficam embutidas por inteiro na bancada.
– Há também a cuba de semi-encaixe, que fica parte encaixada na bancada e outra parte avança para fora da bancada.

Espaço necessário para ter uma cuba

Denise conta que as cubas precisam de espaço para serem encaixadas na bancada e ficarem com a proporção desejada. “Quando usamos a cuba de apoio colocamos a bancada mais baixa também para dar a altura adequada ao usuário. Devemos ter mais atenção com a cuba de semi-encaixe. Nela a bancada será um pouco mais recuada, porém sem planejamento a cuba ficará no meio do caminho do usuário ou até pode atrapalhar a abertura da porta”, pontua.

Cubas na decoração do banheiro ou lavabo

“A estética do objeto deve dialogar com o restante do ambiente. A cuba deve ser escolhida de acordo com a linguagem das outras peças: cor, forma, posicionamento“, aconselha Denise.

Ela completa que, no caso do antagonismo, como por exemplo “uma cuba quadrada cor negra em um banheiro padrão com louças bege, o desenho da bancada, gabinete, iluminação inserida, espelhos, metais devem qualificar objetivamente que o objeto ‘cuba’ não pertence originalmente ao espaço, mas que foi inserido e está presente de tal maneira que, após sua inserção, sua retirada causaria a perda de significado ao ambiente”.

Preço das cubas e melhores materiais

As indústrias sempre trazem novidades em formatos e materiais para cubas e pias. Hoje os mais utilizados são o vidro, mármore sintético e natural, porcelana, cerâmica, inox, água e barbotina, acrílico, silicone e cobre. “Entre as mais baratas, com design elegante e durabilidade temos inox, cerâmica e água e barbotina“, pontua Denise.

Alternativas para o banheiro

As novidades para banheiro não estão reduzidas às cubas, então, se você prefere outras opções, pode escolher entre diversos materiais. “Os lavatórios também possuem os mesmos materiais e durabilidade, além é claro do design. Uma alternativa é confeccionar o lavatório em mármore sintético ou no mármore natural. Acaba sendo um produto personalizado e uma alternativa bacana para pouco espaço”, finaliza a designer.

Consultoria

Denise Alonge – docente do curso de Design de Interiores da Unopar

Mais lidas