Como utilizar pequenos espaços para fazer um jardim

Avalie

Casas de praia, no campo ou mesmo na cidade são espaços propícios para criação de jardins. Mas, com soluções de design e arquitetura, alguns espaços ociosos podem se transformar em áreas verdes e agradáveis para passar momentos ao lado da família. De acordo com a paisagista Mari Polesi, o planejamento e construção de um jardim devem levar em consideração o estilo de cada casa, aproveitando os espaços disponíveis nas salas, jardins, terraços e varandas, além de áreas de lazer.

“A meta é transformar os espaços deixando-os mais aconchegantes, funcionais e inspiradores, principalmente quando recebemos familiares e amigos nos momentos especiais”, destaca.

Refúgio

Thinkstock/Getty Images

Thinkstock/Getty Images

Quem pensava que um SPA não combina com jardim não faz ideia das vantagens que este espaço pode trazer. Criar um jardim estimula sensorial e visualmente, despertando sensações em quem frequenta o ambiente, conforme explica o arquiteto Rogerio Perez. Para Perez, os jardins pequenos devem conter plantas de menor porte, canteiros, cascatas de pedras naturais, funcionando como verdadeiros “refúgios” dentro da casa.

Cultivar e crescer

Até mesmo um simples corredor de passagem pode ser transformado em um jardim. Um exemplo é o projeto do paisagista Alexandre Centini, que transformou um espaço embaixo da escada em abrigo para vasos de vários tamanhos.

Thinkstock/Getty Images

Thinkstock/Getty Images

Para ter um belo orquidário, o segredo é a criatividade na hora da composição e harmonização dos elementos. Uma das alternativas é compor o espaço escolhido com vasos de diversos tamanhos, formas, materiais e cores.

Centini conta que todo pequeno jardim deve ser bem iluminado, preferencialmente escolhendo uma ou duas espécies para serem o destaque do jardim. “O uso de pequenas fontes de água também é interessantes pois cria sensações auditivas relaxantes”, destaca.

Pode-se usar recipientes provenientes da reciclagem de materiais, tais como latas decoradas, caixotes de madeira, garrafas pets, entre outros materiais sempre bem furadas para drenagem do excesso de água.

Atenção!

Thinkstock/Getty Images

Thinkstock/Getty Images

Não gaste dinheiro com plantas ornamentais, sem antes pensar no espaço disponível;
• Espalhe as pequenas plantas pelo jardim de forma homogênea;
• Compre mudas pequenas e invista no seu crescimento.

Texto Isabela Pimentel/Colaboradora

Mais lidas