Como usar fotos de família na decoração

Avalie

Uma boa maneira de decorar a casa é apostar nas coisas simples, como fotos de família. Além de embelezar o ambiente, você ainda o transforma em um local aconchegante e característico, sempre relembrando os bons momentos com as pessoas queridas. Para usar fotos de família na decoração e fugir dos tradicionais porta-retratos, conversamos com a arquiteta e blogueira Carla Maciel, que ensinou várias maneiras de transformar seu lar. Veja!

Flickr / alt text

Flickr / alt text

Reiventando os porta-retratos

Carla afirma que uma boa maneira de usar fotos na decoração é aproveitar a variedade de porta-retratos que estão disponíveis no mercado em vários formatos e estilos. “Costumo remover o suporte do verso e fixar nas paredes. É uma alternativa barata e que permite uma grande variedade de formatos, deixando a composição nas paredes mais interessante, mesmo que se escolha uma cor predominante nas molduras”, ensina.

Ela ainda conta que uma variável importante na escolha do porta-retrato é que ele possibilite a instalação de suportes no verso, já que os que têm moldura em vidro geralmente são pesados e não fixam bem os suportes. “É interessante que o vidro seja do tipo antirreflexo. O suporte regulável é o que demanda menos experiência, pois se você não medir exatamente o centro da moldura, ele permite ainda uma regulagem”, explica a arquiteta.

Flickr / Ame Otoko

Flickr / Ame Otoko

Decorando com fotos na parede

Uma maneira interessante de pendurar fotos nas paredes é definir um ou dois tons predominantes de moldura em diversos acabamentos, como por exemplo misturar molduras lisas com molduras entalhadas em diversos formatos, mas em apenas dois tons neutros, como cinza e branco ou cinza e preto. “Assim você consegue um conjunto harmônico, considerando que as fotos em si terão uma grande variedade de cores. Caso a opção seja padronizar as fotos em preto e branco, existe uma maior liberdade na escolha das cores das molduras”, explica a blogueira.

Outra dica para tornar a composição mais criativa é incluir nesta parede objetos que tenha significado para a família, como lembranças de viagens: pequenos quadros, imagens pequenas, esculturas de parede, relógios, coleções, etc. “Para molduras leves o suporte adesivo em velcro é uma boa alternativa por não estragar nem a parede nem a moldura, mas é importante observar o limite de peso”, aconselha Carla.

Flickr / blikbrein

Flickr / blikbrein

“É importante que o conjunto de molduras esteja centralizado verticalmente na altura dos olhos e estejam sobre um móvel. É bom que fiquem sempre pertinho para formar uma composição”, acrescenta a blogueira.

Melhores ambientes para decorar com fotos

A arquiteta afirma que locais ideais para exposição de fotos de família são os espaços de transição entre a área social e a área íntima, como circulações que geralmente não têm dimensões suficientes para dispor móveis. “Patamares de escada ou espaços mais íntimos como copas, salas íntimas e espaços do gênero. Isso porque nem sempre as pessoas que recebemos em casa são íntimos da família e um conjunto de fotos invariavelmente desperta a curiosidade de quem está no ambiente, pois funciona como um ponto de foco da decoração”, ensina.

Critérios para escolher fotos

Escolha sempre as fotos que mais te agradam, sem restrições! Mas tome cuidado e certifique-se de que elas fiquem em locais mais “escondidos” da casa. “É sempre importante avaliar se você não ficaria incomodada se algum prestador de serviços, por exemplo, visse uma foto sua de biquíni. Acho que neste caso vale o bom senso realmente”, diz a especialista.

Flickr / Gabriel Allon

Flickr / Gabriel Allon

Limpeza das Fotos

A melhor solução para conservar fotos é guardar em um álbum, de preferência em um local não exposto à umidade. “Assim, as fotos ficam protegidas da luz. Quando for revelar, solicite um papel sem ácido”, diz Carla.

Porém, se as fotos estiverem expostas, devem estar em molduras protegidas por um vidro e de preferência em um ambiente em que a luz predominante seja artificial e sem umidade. “A luz natural na maior parte do dia invariavelmente desbota a foto, degradando os pigmentos que compõem a tinta. Por estes motivos considero os espaços de circulação ideais para a exposição de fotos”, finaliza a blogueira.

Consultoria
Carla Maciel – arquiteta e blogueira do Arquitrecos
http://www.arquitrecos.com/

Tags:

Mais lidas