Como cuidar de orquídeas

Avalie

Na primavera, é hora de enfeitar a casa com muitas flores! E nada melhor do que abusar das orquídeas, lindas plantas que além de tudo são muito resistentes. Veja dicas da bióloga Pamela Zapini e saiba como cuidar das orquídeas e utilizá-las na decoração.

Melhor época para cultivar orquídeas

Segundo a bióloga, cada espécie de orquídea tem um hábito de vida diferente das demais. “Grande parte das espécies florescem na primavera, porém outras possuem mais de uma floração por ano”, afima. Aproveite essa época do ano para encher sua casa de flores!

Thinkstock/Getty Images

Thinkstock/Getty Images

Espécies de orquídeas

Sabia que existe cerca de 20 mil espécies de orquídeas? “Cada orquídea pertence a uma determinada espécie, mas os gêneros mais comuns e mais apreciados pelas pessoas são: Cattleya, Laelia, Oncidium, Phalenopsis, Maxilaria, Dendrobium, entre outros”, afirma a bióloga.

As principais diferenças entre elas são em relação a morfologia, ou seja, formato das flores e folhas. “Em relação ao hábito de vida, algumas são epífitas (vivem em cima de outras árvores, mas não causam prejuízo), outras terrestres, rupícolas e também existe a coloração, que pode variar bastante”, conta Pamela.

Dicas para cuidar das orquídeas

A bióloga aponta que, ao contrário do que muitas pessoas pensam, as orquídeas são plantas bastantes resistentes. “Para facilitar os cuidados com a planta, basta imaginarmos como ela vive em seu habitat, para tentarmos reproduzir as mesmas condições em casa”, explica Pamela.

– Com relação à rega, analise se o vaso onde ela se encontra está úmido. Se a resposta for sim, não precisa molhar, se a resposta for não, basta molhar até a água começar a escorrer pelo fundo do vaso.

– É aconselhável colocar as orquídeas em um local onde há iluminação em abundância, como próximo de janelas onde há bastante claridade. Não precisa ser necessariamente no sol.

– O adubo mais aconselhável para as orquídeas é o que contém as concentrações de NPK (Nitrogênio, Fósforo e Potássio) 10-10-10 para manutenção e um mês antes da floração utilizar o adubo com as concentrações de NPK 4-14-8.

Evite os adubos granulados e em pó. O recomendado é utilizar adubos líquidos e os mesmos devem ser usados de acordo com a dosagem determinada pelo fabricante do produto. “Isso evita o risco de superadubação, o que pode causar a morte das plantas. Existem algumas opções de adubos orgânicos, como o caso do Bokashi”, aconselha a especialista.

– O tipo de vaso mais indicado para as orquídeas são os de barro, pois possuem vários furos no seu entorno, propiciando bastante ventilação para as raízes, ao contrário dos vasos de plástico, que esquentam demais.

Thinkstock/Getty Images

Thinkstock/Getty Images

 

Orquídeas na decoração

As orquídeas geralmente são utilizadas na decoração de salas e varandas ou na decoração de mesas em festas e casamentos. “Uma planta em um único vaso é muito comum para compor a decoração do ambiente. O gênero mais utilizado para decoração é o Phalaenopsis, devido a sua rusticidade e frequentes florações”, aponta a bióloga.

Tempo de duração

O tempo de vida de uma orquídea depende de sua espécie, porém, uma orquídea bem cuidada – sem pragas ou doenças – pode durar dezenas de anos.

Consultoria

Pamela Zapini – bióloga

Tags: ,

Mais lidas