Antes e depois de quarto feminino

Avalie

Esse quarto da jovem Patrícia Santos tem apenas 5,75m² e foi mobiliado sem nenhum planejamento: os móveis estão praticamente entulhados e quase não sobra espaço para circulação. Para contornar a questão do tamanho reduzido e melhorar a funcionalidade e organização do ambiente, a arquiteta Vivian Barros junto ao designer Bernardo Niquet, criou um projeto superbacana e bem fácil de ser colocado em prática!

Arquivo pessoal

Arquivo pessoal

Tudo planejado!

Ao projetar um quarto novo para Patrícia, Vivian e Bernardo focaram na economia e no máximo aproveitamento de cada centímetro disponível do cômodo. Assim, os projetistas utilizaram móveis planejados que, além de suprir as necessidades do ambiente, não ocupam espaço desnecessário e também não atrapalham a circulação. Com tudo milimetricamente planejado, Patrícia poderá ter um cantinho para dormir, relaxar e até para trabalhar, quando for necessário!

Arquivo pessoal

Arquivo pessoal

Aquarela de cores

O quarto foi decorado em cores sóbrias e elegantes, em tons claros. A escolha ajuda a ampliar visualmente o cômodo, além de criar um ambiente aconchegante e ideal para descanso. A cadeira Panton vermelha arremata a decoração e acrescenta mais vida ao cantinho de Patrícia.

O baú, além de guardar roupas de cama, pode fazer as vezes de criado-mudo, apoiando um livro de cabeceira, o celular ou um copo d´água.

Alternativa que não pesou no ambiente, o cabideiro eliminou a necessidade do guarda-roupa, que talvez nem caberia
no quarto. “O colorido das roupas expostas ainda vira parte da decoração”, confessa Vivian.

Arquivo pessoal

Arquivo pessoal

O detalhe listrado parece papel de parede, mas não é. São listras pintadas em diferentes tons de tinta. Mesmo efeito, menor preço!

Os móveis planejados são de fórmica melanínica, com acabamentos branco e padrão madeira.

O posicionamento das arandelas criou um efeito luminotécnico interessante, mais em conta do que uma sanca 
em gesso, por exemplo.

As paredes laterais da cama foram forradas com fórmica autocolante. Além de decorar, o revestimento protege a parede. Assim, quem estiver deitado pode encostar à vontade sem medo de friagem e de sujeira.

Texto Danielle Nagase
Projeto Barros Niquet Arquitetura/3Dmake

Mais lidas