“Quando você se defronta com a morte é muito maluco”, revela Reynaldo Gianecchini

Avalie
reynaldo-gianecchini

Foto: Roberto Filho/Divulgação AgNews

Reynaldo Gianecchini esteve nesta manhã de quinta-feira, 26, no programa de Ana Maria Braga, o “Mais Você” e revelou detalhes sobre os nove meses que passou em tratamento contra um câncer no sistema linfático. “Quando você se defronta com a morte é muito maluco. Um dia isso vai acontecer. Mas eu falava que eu não queria morrer. Por outro lado, é legal também contar com a morte, no sentido de que gente passa a valorizar o presente. Eu encarei de cara como um desafio. Era como se tivesse uma voz falando para mim que eu tinha que passar por isso e que ia ser bom para caramba. Vem uma força que a gente nem sabe que tem”, revelou o ator.

Giane, que já está com o cabelo bem curtinho, falou sobre o apoio que recebeu dos fãs e familiares, e sobre sua volta aos palcos e à TV. Ele também comentou sobre a morte de seu pai, em outubro do ano passado: “Não perdi o meu pai, ele está aqui comigo sempre. Foi muito bom entender isso, porque a gente tem tanto medo da morte, e agora eu entendo”, contou o ator.

Ele reafirmou que a doença o fez se reaproximar de algumas pessoas importantes em sua vida, como sua mãe e a ex-mulher Marília Gabriela. Sobre Gabi, ele afirmou que “esse amor está lá ainda, só modificou um pouquinho. Foi muito gostoso esse resgate. Vi a importância de dividir as coisas com as pessoas e colocá-las no meu caminho”. Ele ainda contou como a jornalista o ajudou a se tornar um homem mais refinado, de postura e batalhador.

Reynaldo Gianecchini já voltou a trabalhar no teatro com a peça “Cruel”. Na TV, ele estará no remake da novela “Guerra dos Sexos”, que tem estreia previstas para outubro. Ele viverá o papel de Jerônimo, interpretado por Mário Gomes na versão original.

 

Mais lidas