Paquera On-line

Avalie
Paquera on-line

Foto: Thinkstock e Getty Images

É possível turbinar a paquera de várias maneiras, inclusive pela internet! Com o surgimento das redes sociais, ficou muito mais fácil conhecer alguém ou chegar naquele gato que, na vida real, você não tem coragem. Veja essas dicas e invista já em um flerte virtual!

Adicionar o gato
O passo mais fácil para se aproximar do gato na paquera on-line é esse: adicioná-lo nas redes sociais. Mas cuidado: se o cara mal sabe quem é você, não pega muito bem ir adicionando-o logo de cara. Agora, se vocês já se esbarraram várias vezes, pode adicionar sem medo. Outra dica para esse primeiro passo é: se vocês já se conhecem tem um tempinho e já conversaram alguma vez, deixe um recadinho legal na hora de adicionar, algo do tipo “Ei, te adicionei! Foto legal!”.

Hora do bate-papo
As dicas aqui se dividem em dois casos: quando vocês estão apenas se conhecendo; quando a conversa já tem uma certa intimidade.

-Caso 1: não comece uma conversa com o gato com muita intimidade. Para não errar, inicie o bate-papo como se tivesse encontrando um amigo na rua: “e aí, tudo bem?”. Uma dica legal é escrever o nome do cara entre uma frase e outra, como “ah, sei como é, João…”. Isso fará ele se sentir importante, como se não fosse só mais um na sua lista de amigos virtuais. Além disso, nas primeiras conversas, nada de fazer mil perguntas sobre o gato. Invista em assuntos descontraídos e em respostas que tenham “hahaha” para criar um clima agradável. Nessa fase, não vá conversar com o gato toda a vez que vê-lo online. Vá uma vez ou outra. Se nesses intervalos em que ficam sem se falar ele puxar conversa, comemore, pois é um ótimo sinal! Quanto à paquera, calma. Ainda não é hora de ser direta com o gato. Mostre o interesse por ele de maneira mais sutil.

-Caso 2: a conversa aqui já está mais evoluída. É nessa fase que começa a paquera! Solte perguntas, como quem não quer nada, do tipo “e aí, o que vai fazer hoje?” ou “estou com vontade de sair hoje”. Isso é uma indireta e tanto! Se ele não morder a isca logo de cara, espere um tempo para soltar essas indiretas. Se ele é quem escrever essas coisas para você, aproveite a deixa e responda algo como “Estou sem planos hoje. Aceito sugestões”. É nessa fase também que você pode enviar links para o gato de coisas que são do interesse dele. Invista em mensagens como “você viu isso?”. Isso vai mostrar que você sabe os gostos do cara e que lembrou dele ao ver esse post, imagem ou vídeo.

Comentar nas fotos e publicações do gato
Não tenha medo de deixar comentários divertidos nas fotos postadas pelo gato. Isso mostrará que você se interessou em ver os álbuns dele. A dica é comentar coisas engraçadas e carinhosas, mas sem exagerar na dose. “Curtir” ou deixar um comentário nos posts do gato também é uma arma e tanto! Só tome cuidado para não estar presente em todas as publicações, pois poderá parecer que você está babando pelo cara.

O que não fazer
Uma conversa on-line não é como se você estivesse conversando cara a cara com a pessoa. Dependendo do jeito que você escreve, pode parecer que você gritou, estava brava ou chateada. Dar respostas com palavras em caixa alta, como “NÃO”, pode parecer que você está gritando ou irritada com a pessoa, assim como responder monossilabicamente, com um simples “ok”. #ficaadica 😉

Pode comemorar!
1.Se você perceber que o gato tem estado on-line toda a vez que você também está, é um bom sinal. Ele já percebeu os seus hábitos na internet e quer que você veja a presença dele.
2.Se o status dele no bate-papo está como “ausente” ou “ocupado” e, mesmo assim, ele vier conversar com você, comemore! Você faz parte do seleto grupo de amigos que ele curte conversar.

Mais lidas