Os perigos do cigarro para a saúde e beleza

Avalie

A informação de que o cigarro não faz bem ao organismo não é nova. Os fumantes são alertados por diversas campanhas, nas embalagens e nos pontos de venda, de que o fumo pode levar ao câncer em diversos órgãos e consequentemente ao óbito.

cigarro-perigos-ShutterstockImages

Foto: Shutterstock Images

Segundo o cardiologista Rafael Munerato, no cigarro existem diversas substâncias que interferem no nosso organismo. Elas aumentam a frequência cardíaca e a pressão arterial, o que promove a adesão de partículas de colesterol na parede das artérias, alterando o material genético das células e aumenta a chance de aparecimento de células cancerígenas.

Mas quem pensa que os efeitos do cigarro demoram a aparecer e que são somente internos, deve começar a repensar os conceitos sobre o assunto. A Guia Astral conversou com três especialistas que explicaram alguns efeitos visíveis do cigarro.

Peso

Há quem emagreça quando começa a fumar e há quem engorde quando tenta parar com o vício.

Isso acontece pois algumas das substâncias tóxicas que compõem o cigarro, como a nicotina, o alcatrão e a amônia, liberam dopamina e serotonina quando ingeridos. Eles são neurotransmissores que dão sensação de prazer e bem-estar no organismo, ajudando na regulação do humor. Desta forma, quando alguém para de fumar, ela pode ficar com mais ansiedade e ter compulsão alimentar.

A nutricionista Angelina Zapponi explica que o paladar de um fumante muda porque as substâncias mascaram o sabor dos alimentos em até 70%. Quem para de fumar, tem o apetite aumentado, por sentir mais sabor e ter prazer em comer os alimentos.

Leia Mais

Dicas simples para perder peso com saúde

Como cada signo cuida da própria saúde

Além disso, o metabolismo do fumante acaba ficando mais ativo, queimando rapidamente as calorias. “Quando o fumante abandona o vício, ele pode engordar em média de três a quatro quilos”, conta Zapponi.

Entretanto, Munerato indica que de forma alguma isso pode ser considerado como um benefício para quem quer emagrecer, pois deve se levar em conta os demais malefícios que uso constante do tabaco traz.

Envelhecimento precoce

Foto: Shutterstock Images

Foto: Shutterstock Images

O uso do cigarro também estimula a produção de radicais livres, que levam a aceleração do envelhecimento e morte celular. Ele ainda atua nas células da pele e do cabelo, tornando-os mais frágeis e quebradiços, “o que piora a percepção de envelhecimento exacerbado pelas pessoas que fumam”, constata Munerato.

Sorriso: dentes e hálito

Fumar também pode trazer prejuízos para a saúde bucal. A diminuição da salivação trazida pelo vício colabora no aparecimento do mau hálito, além de causar manchas e amarelamento dos dentes. “É importantíssimo citar que o cigarro pode ser um dos fatores etiológicos do câncer bucal”, diz a dentista Renata Rebuffo.

O número de manchas nos dentes varia de acordo com a frequência e quantidade de cigarros consumidos por dia. Rebuffo explica que algumas podem ser removidas por meio de limpeza e conservação dos dentes, mas algumas manchas mais profundas são de difícil remoção e podem acabar se tornando permanentes.

Já o mau hálito pode ser amenizado com uma escovação cautelosa. Até mesmo mascar chiclete sem açúcar ajuda, pois estimula a salivação. Entretanto, a dentista alerta: “O fato é que o odor do cigarro é muito forte, então mesmo com esses artifícios o mau cheiro pode permanecer na boca. Já o câncer bucal possui diagnóstico complicado. Seu aparecimento é silencioso e indolor, dificultando a identificação precoce. Como qualquer câncer, reverter a doença depende do estágio em que ela se encontra”.

Consultoria:

—Dr. Rafael Munerato, cardiologista e diretor médico do Lavoisier Medicina Diagnóstica.
—Dra. Angelina Zapponi da AZ Nutri. Graduada em Nutrição, pós-graduada em Nutrição Clínica Funcional e membro da Sociedade Brasileira de Nutrição Funcional.
– Dra. Renata Rebuffo, cirurgiã-dentista formada pela Universidade Paulista (UNIP) em 2009 e cursa Especialização em Ortodontia pelo Instituto Vellini. É associada a Associação Paulista dos Cirurgiões Dentistas.

Tags: ,

Mais lidas