Os diferentes tipos de sombras

Avalie
tipos-de- ombras

Foto: Thinkstock/GettyImages

Sombra em pó

– Como é: fina e com textura acetinada, é a mais utilizada pela maioria das mulheres.

– Resultado: garante uma cobertura uniforme sobre a pálpebra, além de ser mais fácil chegar ao efeito desejado. Sombras claras funcionam como iluminadoras e as mais escuras são ótimas para esfumar e dar profundidade ao olhar.

– Vantagem: boa fixação e maior durabilidade. Pode ser aplicada com pincel seco ou levemente umedecido. A sombra em pó tende durar muito tempo no estojo de maquiagem.

– Desvantagem: precisa de maior cuidado ao ser aplicada, além da utilização dos pincéis corretos para um bom resultado.

– Indicado para: do dia a dia às produções especiais, ela é o coringa para deixar o olhar sempre atraente.

 

Sombra cremosa

– Como é: com textura um pouco mole, algumas parecem mousse e podem ser aplicadas com a ponta dos dedos.

– Resultado: brilho e luminosidade que dão um ar natural à maquiagem.

– Vantagem: fácil e rápida aplicação.

– Desvantagem: no calor, a sombra cremosa, além de se acumular na linha da pálpebra, pode escorrer pelos olhos, por isso, precisam sempre de um retoque. Além disso, as tonalidades escuras são difíceis de trazer um bom resultado.

– Indicado para: makes claros, elegantes e suaves, por isso, é uma boa opção para noivas. Também é mais indicado utiliza-lá em climas não muito quentes.

 

Sombra lápis

– Como é: textura cremosa e que desliza facilmente pelo olho.

– Resultado: destaca o contorno dos olhos e funciona muito bem como iluminadora do canto interno dos olhos.

– Vantagem: fácil aplicação e manutenção, afinal, é só apontar o lápis.

– Desvantagem: é difícil conseguir grandes efeitos ou um acabamento perfeito com esse tipo de sombra. É preciso ter cuidado na hora da aplicação para não quebrar a ponta do lápis.

– Indicado para: incrementar a maquiagem com traços definidos ou destaque no canto dos olhos. Também é legal utilizá-la para intensificar o efeito da sombra em pó.

 

Sombra compacta

– Como é: feita com partículas muito finas que ajudam a fixação da sombra ser maior.

– Resultado: efeito mais duradouro do que a sombra em pó

– Vantagem: longa fixação e não borra com facilidade.

– Desvantagem: se mal dosada, pode deixar a produção muito carregada.

– Indicado para: makes que devem durar muito tempo e para as mulheres que não querem retocar muito a maquiagem.

 

Sombra gloss

– Como é: parecida com o gloss labial, pode ser aplicada com pincel ou com o dedo, com leves batidinhas.

– Resultado: efeito plástico, brilhante e “molhado”.

– Vantagem: fácil aplicação e retoque.

– Desvantagem: depois de um tempo, pode se acumular na linha da pálpebra.

– Indicado para: produções mais divertidas para baladas ou festas temáticas.

 

Sombra líquida

– Como é: menos espessa que a sombra gloss, a líquida tem efeito suave e discreto. Pode ser aplicada da mesma forma que a anterior.

– Vantagem: também é de fácil aplicação e retoque, além de produzir um efeito mais “vivo”.

– Desvantagem: pode ficar um pouco acumulada, por isso, não é indicada para olhos mais fundos. Geralmente, sai rápido com o calor.

– Indicado para: quem não abre mão de uma maquiagem, mas prefere um look discreto, fácil e rápido.

 

 

Mais lidas