Ministério Público desconsidera acusação de racismo no clipe de Alexandre Pires

Avalie
alexandre-pires

Foto: Time 4 Fun/ Divulgação

 

Depois da polêmica envolvendo o clipe de “Kong”, música de Alexandre Pires, o Ministério Público resolveu arquivar a investigação sobre as acusações de cenas racistas no vídeo, que tem participação especial de Neymar e Mr. Catra.

De acordo com um site de fofocas, o procurador da República, Frederico Pelluci, desconsiderou a denúncia feita em abril pela Secretária de Políticas de Promoção da Igualdade Racial. A denúncia afirmava que as referências a macacos no clipe eram de cunho racista. O procurador, porém garantiu que: “a utilização da figura do macaco como expressão preconceituosa em relação à população negra, não se avista, no presente caso”.

Alexandre já havia se manifestado sobre as acusações, dizendo que estava chocado e que tendo orgulho de ser negro, jamais faria algo racista ou sexista.

 

 

Mais lidas