Guia do presente alternativo

Avalie
Presente alternatido

Foto: Thinkstock e Getty Images

As festas de final de ano estão chegando e você pode estar quebrando a cabeça para dar aquele presente para uma pessoa querida, certo? Se esse é o seu caso, você já pensou em fazer um presente, ao invés de comprá-lo pronto? Pouco dinheiro e falta de jeito com trabalhos manuais não são desculpas para você deixar de colocar a mão na massa! Inspire-se em nossos entrevistados e surpreenda uma amiga, parente ou namorado com um presente único, feito (com muito carinho) por você.

Com pouco dinheiro, mas muito carinho
Assim aconteceu com a Mariana Rodrigues, 24 anos, no seu primeiro aniversário de namoro: ela queria dar um presente diferente para o seu namorado, mas sem gastar muito. A saída for dar “lembranças” para o amado. “Eu fiz uma agenda para ele comentando todas as datas, em cada dia do ano, sem exceção de nenhum dia! Coloquei coisas engraçadas, fotos e recordações, algo como ‘ano passado, nesse dia, estávamos viajando’”, lembra Mariana. A Mari também escreveu coisas como “Hoje é Dia do Primo. Lembra de falar com os seus primos” e “Me liga às 12:53, estou com saudade”, além de rechear a agenda com recortes engraçados. Em outra data especial, o namorado da Mariana recebeu outro presente feito por ela: “Fazia um tempo que ele não via os meninos com quem ele tinha morado e estudado na época da faculdade. Enviei um e-mail para todos pedindo que escrevessem para o Gui (namorado). Todos escreveram!”. Depois de todo esse trabalho, a fofa ainda imprimiu todos os e-mails e entregou ao namorado em uma caixa, como se fosse um presente. “Ele amou! Quase chorou quando viu as mensagens”.

Inspiração nas redes sociais
Outra a se dedicar a um presente foi a Tamirys Senno, de 23 anos. Ela já fez desde um agradinho, como dar para amigos chaveiros de pelúcia borrifados com o perfume dela, até presentes mais elaborados. Lembra do “Scrapbook”, aquele mural de recados de amigos do Orkut? A Tamirys já se inspirou na rede social para presentear uma amiga: “Revelei várias fotos nossas e montei um scrapbook em um caderno. Embaixo de cada foto, eu deixava um recado para a minha amiga, como se eu estivesse no Orkut dela”. Para um ex-namorado, a Tami, que na época era estudante de jornalismo, transformou um ano de namoro em uma reportagem. “Escrevi uma matéria contando como foram os 12 meses de relacionamento, com citações e fontes. Diagramei tudo e imprimi, com se fosse uma página de jornal”, relembra a moça.

Palavras de quem já recebeu
Sabe aquela ideia de dar uma caixa forrada de fotos de momentos especiais com aquela pessoa? O Leonardo Manfré, 19 anos, já recebeu uma dessas de uma amiga e adorou. “Foi um presente que teve um valor simbólico para mim, porque você percebe que a pessoa, além de saber da sua vida, se esforçou para te agradar”, conta Leonardo.

Mais lidas