Dicas para se adaptar ao novo emprego

Avalie

Após várias fases de avaliação e uma competição acirrada, você finalmente foi contratada para aquele emprego dos seus sonhos. Se não era o sonhado, pelo menos agora as contas vão ficar mais leves com a grana que você vai receber, certo? Então, para não passar vergonha e se dar bem no trabalho novo, conversamos com dois profissionais da área de recursos humanos que vão dar dicas pra que dê tudo certo nessa nova fase.

 

Dicas para se adaptar ao novo emprego

Foto: Shutterstock / GettyImages

O que fazer e o que evitar

Cristiano Alves Dias, gerente de Recursos Humanos, fala sobre o que deve ser feito no primeiro dia e o que você deve evitar a todo custo. Confira:

– Chegue na hora marcada, seja pontual, coloque o relógio para despertar um pouco mais cedo;

– Procure saber a quem procurar quando chegar à empresa, pois isso evita que você fique “perdida” já na recepção e acabe se transformando na “notícia do dia”;

– Use os trajes de costume da empresa. Não há nada de errado em perguntar sobre as regras de vestimenta. Mesmo quando não é necessário usar salto alto, terninhos e roupas mais chiques, não vá desarrumada! Alinhe-se!

– Confira tudo antes de sair de casa. Se a empresa lhe forneceu uniforme, crachá, cartão de acesso e outros acessórios, não esqueça de levá-los. O uso deles é sua obrigação e a sua falta poderá lhe causar aborrecimentos e comprometer o que você levou tempo para conquistar.

– Evite perfumes muito fortes. Seja discreta com a aparência em geral.

– Evite falar demais. Converse o necessário para não causar uma má impressão. A princípio, você não conhece ninguém e ainda não tem amigos ali, então, seja cordial com as pessoas, mas evite que criem um “pré-conceito”. Este é o momento de ouvir mais do que falar.

Dois ouvidos e uma boca

“Quando estiverem passando o serviço para você, faça perguntas, mas saiba ouvir e, se não entendeu por que aquele serviço é feito daquela maneira, pergunte até entender. Não fique comparando com a outra empresa que você trabalhava e não diga que você já sabe ou conhece tudo, pois mesmo que você já tenha realizado aquela tarefa, pode ser que naquela empresa seja diferente por algum motivo que você ainda desconheça. Seja paciente”, acrescenta e aconselha Pina Boffa, comunicadora social e consultora em Gestão para Pequenas e Médias Empresas.

Relacionamento com o grupo

Pina também conta que, nos dias de hoje, a questão do relacionamento é a maior causa das demissões nas empresas, ou seja, as estatísticas mostram que saber se relacionar com os colegas de trabalho é fundamental se você quiser se manter no seu emprego. Portanto, aprenda a trabalhar em equipe. Isso significa que você realmente tem que se preocupar com a empresa como um todo e não apenas com o seu trabalho”, diz a consultora.

Então, para se enturmar com o resto do grupo, “uma boa ideia é sempre almoçar ou tomar café com os colegas de seu departamento, é claro, mas também com pessoas de outros setores da empresa. Participe de eventos, ações solidárias, enfim, socialize-se. Sua rede de relacionamentos tem grande chance de multiplicar-se dessa forma, mas lembre-se: faça tudo de coração. Se plantar uma semente ruim, terá poucas chances de colher bons frutos”, indica Cristiano.

O principal: seja feliz e mergulhe de cabeça no que acredita ser bom pra você e sua carreira! Priorize as empresas que se preocupam com seu bem-estar e que acrescentam aos seus planos e seu ideal de futuro. Assim, o sucesso é garantido!

Tags:

Mais lidas