Cuidados com os cabelos no inverno

Avalie

Com a chegada das estações outono e inverno, o corpo sente as mudanças para o clima frio, e, infelizmente, o cabelo não é uma exceção. Enquanto a temperatura diminui, os fios podem perder um pouco do brilho, ficar mais ressecados, entre outros problemas chatos que tendem a aparecer nessa época.

Para te ajudar a curtir o friozinho sem deixar os cuidados com o cabelo de lado, a Guia Astral conversou com a Dra. Carolina Marçon, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia, que esclareceu algumas dúvidas e deu sugestões do que você pode fazer para manter os cabelos bonitos e saudáveis no outono/inverno. Confira as dicas e nada de preguiça na hora de colocar tudo em prática.

mylher-cabelos-shampoo

Foto: Thinkstock/ Divulgação Getty Images

Água quente – A Dra.Carolina Marçon afirma que no inverno os cuidados com os cabelos devem ser redobrados. “A vontade de tomar banhos quentes e demorados aumenta, mas isso não é nada aconselhável para quem quer manter um cabelo impecável”, diz a médica. Ela esclarece que a água quente aumenta a oleosidade do couro cabeludo, o que facilita o surgimento da seborréia (caspa) e aumenta a queda de cabelo. “Além disso, desencadeia a remoção da camada que promove a hidratação e proteção natural dos fios, deixando-os secos, opacos e com frizz”, conclui. O que fazer então? Carolina dá a dica: “O ideal é lavar os cabelos com água morna. Se for utilizar água quente, seja breve.”

Produtos – “O couro cabeludo tende a ficar mais oleoso no frio, por isso, escolha máscaras e condicionadores leves, sempre evitando o contato desses produtos com o couro cabeludo” sugere a Dra. Carolina.

No tratamento diário com xampu e condicionador, o ideal é escolher os produtos de acordo com o tipo de cabelo de cada um, mas alguns truques podem ajudar o cabelo ficar mais bonito: “É interessante lavar os cabelos com um xampu anti-resíduo para eliminar produtos que se acumulam nos fios, pelo menos a cada 15 dias. Também é interessante alternar pelo menos dois tipos de xampus. Existem ainda os condicionadores que são ricos em proteínas, e possuem a função de devolver a gordura natural perdida durante a lavagem”, conta Carolina, Os produtos feitos com extratos de substâncias naturais, como jojoba, ou enriquecidos com proteínas são os mais recomendados.

Produtos como modeladores, gel e fixador sem álcool não prejudicam nem provocam a queda de cabelo.

Secador – É preciso tomar cuidado com o uso inadequado do secador de cabelos, pois o ar quente pode provocar o enfraquecimento e ressecamento dos fios. “Para evitar o estrago, aplique um protetor térmico, como por exemplo, produtos que contenham óleo de argan, antes de usar o secador”, diz a médica. Antes de terminar de usar o secador, utilize um pouco de vento frio do próprio aparelho. Isso diminui os frizz do cabelo.

Tratamentos e alisamentos – A Dra. Carolina explica que alisamentos, relaxamentos e permanentes têm processos químicos semelhantes, que alteram a forma original do cabelo e acabam abrindo sua cutícula. Dessa forma, tais tratamentos, assim como o uso constante da chapinha, deixam os cabelos mais desidratados. A hidratação com cremes uma vez por semana é o melhor jeito para amenizar o ressecamento.

Cortes e penteados – “Tranças apertadas, rabos de cavalo e coques muito puxados podem danificar o cabelo”, diz Carolina. Quando contínuo ou frequente, o uso desses penteados pode causar tensão suficiente para provocar ruptura do fio, aumentando a queda de cabelo.

Dicas rápidas:

•           Use sempre xampu e condicionador adequados ao seu tipo de cabelo: oleoso, normal, seco, misto, colorido etc.

•           Não use xampu demais. O excesso do produto pode provocar diversos problemas como irritação, ressecamento e queda. Sempre enxágue bem os cabelos para eliminar o produto.

– Não coloque o xampu diretamente sobre a cabeça. Espalhe um pouco do produto nas mãos e passe-o nos fios e no couro cabeludo, esfregando com a ponta dos dedos e não com as unhas.

• O condicionador deve ser utilizado nas extremidades do cabelo e não sobre o couro cabeludo.

•           Nunca tome banho de água quente, pois ela abre as cutículas do fio. Prefira água morna ou fria. Se puder, dê a última enxaguada com água fria no final do banho.

• Deixe a oleosidade do couro cabeludo determinar a frequência das lavagens Se seu couro cabeludo é oleoso, lave o cabelo mais vezes do que se o mesmo for seco.

•           Depois de lavar os cabelos, utilize um produto leave-in que intensifica o tratamento dos produtos hidratantes.

• Sempre que possível, deixe os cabelos secarem naturalmente.

•           Antes de usar o secador, retire o excesso de água com uma toalha, apenas espremendo os fios. Use o secador a aproximadamente 15 centímetros dos fios, em temperatura mínima ou média. Utilize produtos específicos para proteger o cabelo do calor.

•           O ar condicionado deixa o cabelo ressecado e frágil. Se não pode fugir dele, aplique algumas gotinhas de silicone nos fios para protegê-los.

•           Evite passar as mãos nos cabelos constantemente, principalmente nos oleosos. Isso aumenta ainda mais a oleosidade.

•           Alimentação saudável = cabelos saudáveis. Procure comer alimentos ricos em proteínas (carnes, leite e ovos), e ricos em vitaminas do complexo B (cereais integrais, peixes, frutos do mar e vegetais folhosos).

Está com os cabelos ressecados e com pontas duplas? Use condicionadores após o xampu e regeneradores de pontas após o banho e evite pentear muito os cabelos e também o calor intenso dos secadores.

Tem cabelos oleosos? Não use condicionador próximo à raiz dos cabelos nem xampus que contenham condicionadores na sua fórmula (2 em 1). Evite lavar a cabeça com água quente e procure não comer alimentos gordurosos ou ingerir bebidas alcoólicas. Tome bastante água, coma frutas, legumes e verduras, e cuidado com o estresse, que pode aumentar a produção de oleosidade.

 

Mais lidas